spot_img
spot_img
20.1 C
Jundiaí
sábado, 4 dezembro, 2021
spot_img

Seleção brasileira divulga manifesto contra Copa América

Jogadores da seleção brasileira masculina principal divulgaram em suas redes sociais um manifesto se mostrando contrários a realização da Copa América no Brasil. As declarações aconteceram após rodada dupla das Eliminatórias da Copa do Mundo de Qatar, faltando quatro dias para o começo da competição. 

Em publicação nos Stories do Instagram, os jogadores se opõem à realização da competição no Brasil, mas garantem que não irão boicotar a Copa América.

“Somos contra a organização da Copa América no Brasil, mas nunca diremos não à seleção brasileira”, reforçou os convocados, em comunicado após a vitória sobre o Paraguai, em Assunção, por 2 a zero. 

A atitude dos jogadores endossa o tom de insatisfação da polarização política da qual faz parte a seleção brasileira desde que o técnico Tite revelou reunião com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo. “Discutir política nunca esteve em nossos planos”, declarou Tite.

Logo após a vitória sobre o Paraguai, o zagueiro e capitão Marquinho reiterou que, em nenhum momento, os jogadores tiveram a intenção de abandonar a seleção ou boicotar a Copa América. 

“Sabemos de tudo o que as pessoas falam sem saber a verdade. Deixamos claro que em nenhum momento os jogadores se recusaram a vestir essa camisa. É nosso sonho de criança e hoje estamos aqui. É um orgulho para qualquer jogador de futebol. Existe uma hierarquia e somos cientes do nosso papel”, declara.

Tensão Pré-Jogo

O manifesto dos jogadores da seleção brasileira repudiando a realização da Copa América no Brasil nunca foi segredo para a CBF. O afastamento do presidente da confederação, Rogério Caboclo e a garantia da permanência de Tite à frente da seleção, contribuíram para diminuir a tensão entre o time e a cúpula da entidade.

Ao assumir a CBF, a diretoria remanescente tratou de reforçar o compromisso de que Tite teria a tranquilidade para dar continuidade no trabalho, colocando um fim nas desconfianças. 

Fontes ligadas a alguns jogadores dizem que o boicote a Copa América sempre foi considerado uma opção extrema caso Caboclo insistisse em sua postura. Há também uma preocupação de carregar esta postura dos convocados para um debate mais político partidário. 

.    

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas