17.5 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

Norma do Jabuti proíbe obras produzidas com assistência de inteligência artificial

spot_img

A Câmara Brasileira do Livro declarou hoje, quinta-feira (25), que o regulamento da 66ª edição do Prêmio Jabuti veta a participação de obras elaboradas com o auxílio de inteligência artificial (IA).

Hubert Aqueres, curador do prêmio, enfatizou que a proibição se estende à aspectos editoriais das obras, incluindo capa e projeto gráfico.

“A regulamentação nacional ainda não existe no Brasil. Só consideraremos a inclusão da inteligência artificial em nosso prêmio quando houver uma regulamentação a nível nacional”, declarou o curador, que também ocupa a presidência da Academia Paulista de Educação.

Entretanto, Aqueres esclareceu à imprensa que a inscrição de obras que abordem, analisem ou tenham como temática a inteligência artificial será permitida. Um exemplo é “Humanamente Digital: inteligência artificial centrada no humano”, de Cassio Pantaleoni, vencedor da categoria Ciências Sociais do Jabuti em 2023.

No ano anterior, houve controvérsia quando o livro “Frankenstein”, do Clube de Literatura Clássica, foi desqualificado da competição após ser inicialmente anunciado como finalista. A polêmica girou em torno das ilustrações da obra, feitas por Vicente Pessôa, que foram criadas com auxílio do Midjourney, uma ferramenta de IA que gera imagens com base em descrições do usuário.

No entanto, o recurso utilizado para as ilustrações estava claramente mencionado nos créditos do livro, mas acabou sendo inadvertidamente ignorado pela comissão julgadora, revelou André Dahmer, um dos jurados.

“Eu não estou familiarizado com os nomes de ferramentas de inteligência artificial, nem tenho interesse em conhecê-los. A própria organização do prêmio, ao me enviar o livro, não estava ciente do uso dessa ferramenta. Outro jurado, Baptistão, também não tinha conhecimento de que estava avaliando um trabalho híbrido”, escreveu em sua conta no X, antigo Twitter, naquela ocasião.

Inscrições abrem nesta quinta-feira (25)

As inscrições para a 66ª edição do Jabuti abriram ao meio-dia desta quinta-feira (25) e continuarão disponíveis até 13 de junho. A CBL oferece também um período promocional para os autores que desejam inscrever suas obras com desconto na taxa de inscrição; o prazo final para essa modalidade é 24 de maio.

Além disso, esta mesma data marca o encerramento da consulta pública para a seleção dos jurados do prêmio. Os finalistas e os membros do júri serão anunciados entre outubro e novembro.

A cerimônia de premiação está programada para novembro e incluirá a homenagem a uma personalidade do ano, uma distinção que já foi concedida a figuras como Sueli Carneiro e Pedro Brandão em edições anteriores.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas