21.6 C
Jundiaí
domingo, 24 janeiro, 2021

Ocupação nas UTIs em cidades da região deixa Estado de SP em alerta

A taxa de ocupação nas UTIs em cidades com mais de 70 mil habitantes têm aumentado, em algumas delas, chega a 75%

Retornar a fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização é uma forma de reduzir o contágio e evitar pressão sobre o sistema de saúde em todas as regiões do estado. Essa é a justificativa do Governo do Estado ao anunciar que todo o estado ficará na fase amarela de controle sanitário e flexibilização econômica até o dia 4 de janeiro.

A taxa de ocupação nas UTIs em cidades com mais de 70 mil habitantes têm aumentado, em algumas delas, chega a 75%. Segundo o mapa do Governo do Estado, 62 municípios estão em estado de alerta. Nas proximidades de Jundiaí e região Bragantina, são monitoradas as cidades de Francisco Morato, Franco da Rocha, Atibaia, Santana de Parnaíba, Valinhos, Itatiba, Caieiras e Mairiporã.

A decisão de retorna a fase amarela recebeu aval de médicos especialistas do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo. A medida não fecha setores econômicos em nenhuma das 645 cidades paulistas, mas fortalece ações de restrição a aglomerações.

Com o regresso geral para a terceira das cinco fases do Plano SP, atividades como bares, restaurantes, academias, salões de beleza, shoppings, escritórios, concessionárias e comércios de rua voltam a ter limitações de horário e capacidade de público.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas