16.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 21 junho, 2024

Ayrton Senna manteve relacionamentos simultâneos com diferentes parceiras

spot_img

Ernesto Rodrigues, autor da biografia ‘Ayrton: O Herói Revelado’, esteve no programa Mais Você, da TV Globo, nesta sexta-feira (7), onde discutiu momentos marcantes da vida de Ayrton Senna. Durante a entrevista, Rodrigues relembrou os relacionamentos do lendário piloto brasileiro, incluindo seus romances com Xuxa e Adriane Galisteu, esta última sendo sua companheira até seus últimos dias.

Durante a entrevista no programa Mais Você, da TV Globo, nesta sexta-feira (7), o jornalista Ernesto Rodrigues, autor da biografia ‘Ayrton: O Herói Revelado’, trouxe à tona detalhes curiosos sobre a vida amorosa do icônico piloto Ayrton Senna. Ao comentar os relacionamentos do piloto, Ana Maria Braga mencionou que Senna teve várias namoradas, ao que Rodrigues respondeu com bom humor: “Algumas, ao mesmo tempo”.

Rodrigues continuou, destacando quatro relacionamentos importantes na vida de Senna. Ele mencionou Lilian, a primeira namorada do piloto, que concedeu uma entrevista honesta e detalhada para a biografia. Em seguida, ele falou sobre uma jovem chamada Adriane, com quem Senna manteve um relacionamento à distância durante sua juventude e início de carreira na Europa.

Rodrigues também relembrou o romance de Senna com a famosa apresentadora Xuxa e destacou Cristina Ferrati, uma namorada discreta e filha de um almirante da Marinha do Brasil. Cristina esteve ao lado de Senna no período entre os relacionamentos com Xuxa e Adriane Galisteu, e acompanhou o piloto em muitas viagens. No entanto, ela acabou decidindo que aquele estilo de vida não era o que desejava.

Rodrigues encerrou suas observações sobre os romances de Senna ressaltando o relacionamento com Adriane Galisteu, que foi a última namorada do piloto antes de seu trágico acidente.

No programa Mais Você, Ernesto Rodrigues, autor da biografia ‘Ayrton: O Herói Revelado’, compartilhou insights sobre o relacionamento de Ayrton Senna com Adriane Galisteu, sua última namorada. Rodrigues destacou que esse período representou uma fase única e libertadora na vida do piloto. “Foi um momento de emancipação para Senna. Ele não rompeu com a família, e o livro não sugere isso de forma alguma, mas foi notável como ele ficou mais relaxado e à vontade, algo que todos ao seu redor perceberam”, explicou Rodrigues.

Em relação a Xuxa Meneghel, Rodrigues comentou que o término do namoro entre ela e Senna se deu por divergências em suas perspectivas de vida. “Eles estavam em momentos distintos, com diferentes objetivos e visões para o futuro”, observou o biógrafo, explicando o fim do romance entre a apresentadora e o piloto.

No mês passado, Adriane Galisteu prestou uma homenagem emocionante a Ayrton Senna, marcando os 30 anos desde o trágico acidente que tirou a vida do lendário piloto em 1º de maio de 1994. Em sua conta nas redes sociais, Galisteu, que foi a última namorada de Senna, compartilhou fotos antigas ao lado dele e expressou sua saudade com as palavras: “O dia que marcou minha vida tão profundamente que nunca, jamais, será esquecido… para sempre Ayrton!”.

Naquela fatídica manhã de domingo, Senna sofreu um acidente fatal durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, na Itália. O impacto devastador ocorreu durante a corrida, mas a confirmação oficial de sua morte veio algumas horas depois. Às 13h05, horário de Brasília, os principais veículos de comunicação do Brasil anunciaram a perda do tricampeão mundial de Fórmula 1, aos 34 anos, uma notícia que abalou profundamente o país e o mundo do esporte.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas