22.3 C
Jundiaí
sábado, 2 março, 2024

Stanley confirma presença de chumbo em seus copos térmicos

spot_img

Os copos e garrafas da marca Stanley voltou a ser tema de destaque nas redes sociais, especialmente no TikTok nos Estados Unidos, onde uma tendência ganhou popularidade entre os usuários. Nela, os participantes realizam testes caseiros para identificar a presença de metais pesados nos produtos da marca. Para surpresa de muitos, o resultado final indica o chumbo como parte dos produtos Stanley. O metal é conhecido por causar intoxicação e diversos problemas de saúde quando em contato direto.

Em resposta às crescentes preocupações, a fabricante emitiu um comunicado oficial confirmando que seus copos contêm chumbo em sua composição. A empresa esclareceu que o metal é utilizado no processo de vedação da base do copo, mas assegurou que está protegido por um revestimento de aço inoxidável, evitando qualquer contato direto com o consumidor.

“A Stanley reitera que não há presença de chumbo em nenhuma parte da superfície de seus produtos que entre em contato com o consumidor, incluindo líquidos e alimentos consumidos. A marca adota um processo de fabricação em conformidade com os padrões globais da indústria, garantindo o selamento na parede externa e assegurando o isolamento a vácuo. A parcela de chumbo presente no material de vedação é coberta por uma camada não removível de aço inoxidável assim que selada, tornando-a inacessível aos consumidores”.

A empresa também destacou que em casos raros nos quais a tampa de aço inoxidável se soltar, devido a circunstâncias extremas, e possivelmente expor o selante, este ainda permanecerá sem contato direto com o conteúdo. Além disso, a empresa assegurou aos consumidores que qualquer eventualidade desse tipo estará coberta pela Garantia Vitalícia, uma oferta aplicável a todos os produtos Stanley.

“A marca reitera a garantia de que seus produtos atendem a todas as exigências regulatórias tanto dos Estados Unidos quanto da Europa, incluindo a Prop65. Além disso, esclarece que realiza testes e valida a conformidade de todos os itens por meio de laboratórios terceirizados devidamente credenciados pela FDA. Esses laboratórios garantem que os produtos estejam em conformidade com diretrizes rigorosas, abrangendo requisitos regulatórios como BPA/BPS, PFOS e ftalatos, entre outros”, conclui a empresa.

Vale ressaltar que, de acordo com um estudo realizado por economistas do Banco Mundial, utilizando dados do projeto Global Burden of Disease (GBD), a intoxicação por chumbo é responsável por aproximadamente 5,5 milhões de mortes anuais em adultos com 25 anos ou mais, principalmente devido a doenças cardiovasculares.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas