22.3 C
Jundiaí
sábado, 2 março, 2024

Elon Musk revela vídeo inovador do robô humanoide da Tesla

spot_img

Na quarta-feira (31), Elon Musk compartilhou através do X um vídeo inédito do robô humanoide da Tesla, conhecido como Optimus. Na legenda do vídeo, onde o robô é flagrado em movimento, o bilionário escreveu: “Partindo para um passeio com o Optimus”.

Algumas semanas atrás, Musk já havia divulgado outro vídeo que capturou a atenção dos internautas, apresentando o Optimus dobrando uma camiseta.

O proprietário da Tesla e da X, anteriormente conhecido como Twitter, esclareceu na publicação que o robô “ainda não é capaz de realizar essa tarefa de forma autônoma, mas certamente será capaz de fazê-lo totalmente autonomamente e em um ambiente variável (sem depender de uma mesa fixa com uma caixa contendo apenas uma camiseta)”.

Em outubro de 2022, Musk fez a primeira apresentação do robô humanoide da Tesla, onde a máquina simplesmente subiu ao palco e acenou para a plateia. Naquela ocasião, o bilionário destacou que se tratava apenas da versão inicial do robô, ressaltando que melhorias significativas ainda estavam por vir.

Os vídeos acima mostram o Optimus – Gen 2, ou seja, a segunda geração deste robô.

Um engenheiro da Tesla envolvido no desenvolvimento do Optimus, também conhecido como Tesla Bot, compartilhou as melhorias implementadas ao longo do ano de 2023.

“Transitamos de um protótipo exploratório (Bumblebee/cee) para uma plataforma mais estável projetada pela Tesla (Optimus Gen-1). Aprimoramos nossa locomoção, permitindo movimentos fora do pórtico sem quedas, com uma marcha mais rápida e cada vez mais semelhante à humana. Estabelecemos um sistema de teleoperação com baixíssima latência e alta fidelidade, utilizado para coletar dados de treinamento de IA ao simular a execução de tarefas humanas específicas”, compartilhou o engenheiro Milan Kovac.

“Desenvolvemos, treinamos e implementamos algumas das primeiras redes neurais ponta a ponta para robôs humanoides, capazes de realizar autonomamente tarefas que exigem controle coordenado do torso, braços e mãos com dedos humanoides. Além disso, projetamos e construímos uma versão aprimorada do robô (Optimus Gen-2), incorporando um pescoço articulado, mãos renovadas com sensores táteis e uma integração mais eficiente de chicotes, atuadores e eletrônicos”, acrescentou.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas