spot_img
spot_img
20.1 C
Jundiaí
sábado, 4 dezembro, 2021
spot_img

Cheio de carisma e beleza, “Shang-Chi” entrega diversão na medida certa

Após uma breve passagem pelos cinemas em setembro (ainda em um período um tanto quanto conturbado da pandemia), chegou na sexta-feira (12) ao Disney Plus, “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis”. Eu não tive a oportunidade de ir conferir ao longa nos cinemas (inclusive pra ser sincero, ainda não me sentia muito seguro também) e francamente, deveria ter corrido o risco. Definitivamente é um filme que valeria sim a pena ter visto na tela grande, mas independente disso, é melhor assistir de qualquer maneira do que não assistir, né? E nesse ponto o streaming veio para suprir essa necessidade.

Na trama baseada nos quadrinhos da Marvel Comics (que quando chegaram ao Brasil nos anos 70, foram evidentemente rebatizados como “O Mestre do Kung-Fu” (arte marcial essa que estava absolutamente em alta principalmente no cinema Hollywoodiano, graças a astros feito Bruce Lee) apresenta aqui a origem de Shang-Chi, filho de uma lutadora lendária de uma ilha mágica com o poderoso Mandarim, líder do grupo “Os Dez Anéis” e que nos quadrinhos, é vilão direto do Homem de Ferro. Após a morte da mãe, o pai volta da sua aposentadoria de malvadezas e tanto Shang-Chi quanto a irmã, fogem para não cumprirem os propósitos malignos do pai, ao menos, até agora. Vivendo uma vida discreta em San Francisco, Shang-Chi é reencontrado pelos malfeitores companheiros de seu pai e a história toda começa.

Protagonizado pelo carismático Simu Liu (ator sino-canadense, que começou a carreira também como modelo, inclusive, virando meme por ter feito trabalhos para um famoso banco de imagens para peças publicitárias) aqui esbanja talento ao lado da não menos carismática Awkafina. Meng’er Zhang que vive a irmã do herói (a incrível assassina Xialing) é dos destaques do elenco, ao meu ver, que até conta com atores talentosos, mas confesso que senti justamente o famigerado vilão do filme, o poderoso Mandarim vivido por Tony Leung Chiu-Wai, um tanto quanto apagado e as vezes, até sem energia. Não sei se pelo fato da proposta do filme apresentar um vilão tão poderoso, que consegue derrotar seus inimigos sem muito esforço, que fez o ator apresentar uma performance mais contida. Deve ter sido isso.

Adorei a direção de Destin Cretton (que dirigiu Luta por Justiça, com Michael B. Jordan) que tem bastante personalidade e sabe homenagear perfeitamente o cinema asiático em momentos bem oportunos. Já em outros momentos, faz você se sentir em casa, como se estivesse mesmo assistindo a um filme da Marvel, gostei bastante dessa dinâmica. Alias, o que dizer do visual do filme! Exuberante! Eu gostei muito da paleta de cores, assim como achei a cenografia, fotografia e figurinos perfeitos. Gostei demais como as cenas de ação são inventivas, criativas e principalmente, bem coreografadas, aonde o diretor simplesmente pode filmar com planos mais abertos, sem aquela maldita câmera tremida, recurso barato utilizado em outros filmes para esconder justamente essas lutas mal coreografadas. A ação do filme, mesmo que pontual, me empolgou bastante.

Só um adendo que faço aqui é: realmente a Marvel não conseguiu segurar as pontas quanto a repercussão ruim do “Mandarim” apresentado em Homem de Ferro 3 e aqui, faz oficialmente um dos primeiros “retcons” do MCU, voltando atrás na decisão tomada anteriormente (para agradar os fãs, principalmente). “Shang-Chi” me surpreendeu positivamente, é recheado de ação, carisma e diversão na medida certa. Realmente estou gostando bastante dos rumos que a Marvel está novamente tomando nos cinemas, sempre democratizando e trazendo representatividade para que todos os fãs de quadrinhos de todas as etnias possam se ver representados na telona. Gostei demais do filme, deixo a recomendação máxima.

Nota: 9,0!

Felipe Gonçalves é apresentador e produtor de conteúdo no canal do YouTube Sessão Set

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

notícias relacionadas