18.4 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Até 2030, Nasa cogita construir ferrovia na Lua

spot_img

Um projeto que visa estabelecer ferrovias na Lua até 2030 avançou para a segunda fase do programa de Conceitos Inovadores Avançados (NIAC) da NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos).

Seis propostas foram escolhidas para esta etapa, com cada equipe recebendo aproximadamente R$ 3 milhões para dar continuidade ao desenvolvimento da pesquisa nos próximos dois anos. Após esse período, os projetos aprovados poderão se tornar missões espaciais.

O Float (Levitação Flexível em uma Pista) foi concebido por Ethan Schaler, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Ele propõe a criação de um trilho para permitir que robôs magnéticos flutuem. Neste projeto, os veículos não teriam contato direto com os trilhos, minimizando a dispersão de poeira lunar.

Os veículos percorreriam uma pista composta por três camadas distintas: uma de grafite, responsável por possibilitar a flutuação dos robôs por meio de magnetização; uma camada contendo um circuito elétrico para gerar o impulso magnético necessário ao transporte; e uma camada equipada com painéis solares para fornecer energia aos trilhos.

A montagem da pista seria simplificada, exigindo apenas o desenrolar sobre o solo, com a capacidade de recolhimento e reposicionamento para transporte em diferentes locais.

Outros projetos abrangem conceitos como um telescópio baseado em fluidos, um foguete de plasma pulsado, a utilização de células termorradiativas para geração de energia fora do planeta, um radiotelescópio de baixa frequência e a aplicação de sensores baseados em pontos quânticos.

“Os nossos colegas do NIAC nunca deixam de surpreender e inspirar, e esta turma definitivamente oferece à NASA muito para refletir sobre o que é possível no futuro”, comentou John Nelson, executivo do programa NIAC na sede da agência em Washington.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas