25.9 C
Jundiaí
domingo, 7 março, 2021

Estudante mata jovem a facadas por causa de jogo Call of Duty

Um estudante de 18 anos foi preso em flagrante por suspeita de matar a facadas uma jovem de 19 anos, em Pirituba, Zona Norte de São Paulo. O suspeito afirmou que conheceu Ingrid Bueno pela internet um mês antes do crime.

Ela era conhecida pelo apelido de “Sol” e jogava profissionalmente Call of Duty: Mobile pelo time FBI E-Sports. O suspeito jogava em outro time, o Gamers Elite, e a suspeita é a de que se conheceram durante partidas do game online.

Em nota, a Gamers Elite disse que o suspeito enviou um vídeo com imagens da jovem morta no grupo da organização e os responsáveis afirmaram que informaram “as devidas autoridades” e pediram para que os integrantes do grupo não compartilhassem o vídeo.

A organização diz ainda que nunca viu o jogador pessoalmente e que “não compactua com qualquer criminoso de nenhum modo e jamais irá compactuar ou fazer apologias ao mesmo”.

Depois do crime, o estudante chegou a falar aos seus familiares que iria cometer suicídio, mas seu irmão conseguiu convencê-lo a se entregar. Cerca de 30 minutos após o crime, o autor compareceu ao 87º Distrito Policial.

Ele confessou o homicídio e disse que escreveu um livro para explicar os objetivos do crime. A Polícia Civil conseguiu uma cópia do suposto livro e foi anexada ao inquérito.

Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.

SUGESTÃO DE PAUTAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

notícias relacionadas