18.3 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Agência bancária é alvo de explosão criminosa no interior de São Paulo

spot_img

Durante a madrugada desta segunda-feira (8), a Polícia Militar de São Paulo foi chamada para responder a um incidente em que indivíduos teriam utilizado explosivos para invadir uma agência do Banco do Brasil na cidade de São Pedro, interior de São Paulo.

A ação criminosa teve início por volta das 03h15 da manhã, quando os policiais constataram fumaça e movimentações suspeitas no local. Os criminosos chegaram a interditar uma rua para restringir o acesso à agência bancária.

A Polícia Militar informou que equipes de monitoramento no banco relataram a presença de cerca de seis indivíduos armados de fuzil no interior do cofre do estabelecimento. Agentes próximos ao local ouviram explosões e disparos de arma de fogo efetuados pelos criminosos, que buscavam afastar os policiais.

Nos bairros e cidades próximas, também foram registradas ocorrências de ações suspeitas e disparos de arma de fogo, possivelmente relacionados à fuga dos criminosos. Na rua Horácio Ramos, localizada a 700 metros da agência bancária, houve um confronto entre os criminosos e policiais, sem feridos entre os agentes.

Nas proximidades, foram encontrados vários objetos perfurantes, conhecidos como “miguelitos”, jogados no asfalto com o objetivo de furar os pneus das viaturas policiais. Além disso, os criminosos dispararam armas de fogo contra veículos de pessoas que passavam próximo à agência bancária no momento da ocorrência.

Durante a manhã de hoje, agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) trabalhavam para desativar os vários artefatos explosivos deixados pelos assaltantes em São Pedro.

Além do GATE, outros batalhões de cidades próximas foram acionados para auxiliar na ocorrência, juntamente com o Helicóptero Águia.

Em nota à reportagem, o Banco do Brasil afirmou colaborar com as investigações policiais e trabalhar para normalizar o atendimento.

O comunicado também ressaltou que os clientes e usuários das agências afetadas podem utilizar o aplicativo do BB, agências próximas ou correspondentes bancários como alternativa de atendimento.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas