16.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 29 maio, 2024

Tragédia RS: Beira-Rio ressurge em cenário de destruição

spot_img

Imagens impactantes capturam a devastação do campo do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e a extensão da sujeira resultante do lamaçal nos arredores da arena do Internacional nesta segunda-feira (13). A área foi severamente afetada pelo transbordamento do rio Guaíba nos últimos dias, resultando em alagamentos significativos.

As imagens revelam claramente os danos severos sofridos pelo gramado do estádio, que exibe uma aparência bastante distinta em comparação ao seu estado usual em dias de partida.

Além do lamaçal, uma cena chocante foi registrada: um peixe morto encontrado em uma poça d’água nas proximidades do Beira-Rio.

Alagamento nas proximidades

No último sábado (7), com o interior do Beira-Rio completamente inundado, um homem foi visto praticando jet-ski em um dos corredores do estádio.

Devido à histórica cheia do rio Guaíba e às enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, o enorme volume de água também causou danos significativos nos arredores do ginásio Gigantinho, assim como no Internacional, ambos localizados no estado gaúcho.

CT do Inter debaixo de água

Enquanto a situação no Beira-Rio parece ter se estabilizado, o drama persiste no Centro de Treinamento Parque Gigante. A área designada para os treinamentos do Internacional permanece completamente submersa e sem previsão para retomada das atividades.

Temporais

Segundo informações da Defesa Civil, atualizadas na tarde desta segunda-feira (13), o trágico saldo das chuvas no Rio Grande do Sul elevou-se para 147 mortos. Além disso, 127 indivíduos permanecem desaparecidos e 806 ficaram feridos.

Entre os 447 municípios impactados, um total de 79.540 pessoas encontram-se em abrigos, enquanto 538.241 foram desalojadas. No geral, 2.115.703 pessoas foram afetadas pelas enchentes.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas