16.6 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

Presidente da CBF comenta sobre suspensão dos campeonatos

spot_img

Na sexta-feira (10), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a convocação da Seleção Brasileira para a Copa América. Antes de anunciar a lista, o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, expressou pesar pelo cenário atual no Rio Grande do Sul, reforçando a iniciativa de arrecadação de doações, porém, decidiu não suspender os campeonatos por enquanto.

“Muitos têm discutido a possibilidade de suspender e paralisar o futebol brasileiro. Todos reconhecem a sensibilidade dessa situação. Qualquer decisão que chegue à CBF será tomada em conjunto com os conselhos técnicos de cada divisão, levando em consideração também as competições internacionais em que os times estão envolvidos, como a Libertadores”, afirmou.

“Num momento de tanta aflição, é natural que haja divergências nas informações. É sempre importante que vocês busquem esclarecimentos junto à diretoria de competições e ao gabinete da presidência, onde temos acesso em tempo real a todas as informações sobre a situação e as medidas que podem ser tomadas”, concluiu.

Após seu discurso, o presidente solicitou um minuto de silêncio em honra às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. O pedido foi respeitado e, após o momento de reflexão, houve aplausos.

“A CBF reitera sua solidariedade a todos os habitantes do Rio Grande do Sul. Isso não é apenas uma posição da CBF, mas de todas as Seleções Brasileiras, do sistema de futebol como um todo, dos clubes e das federações. Todos no mundo do futebol compartilham a dor das perdas e das dificuldades que têm sido enfrentadas. Não há ninguém que não se sensibilize com isso. A CBF estará sempre disponível para ajudar”, declarou.

Ednaldo também mencionou a plataforma criada pela CBF para receber doações destinadas ao povo gaúcho, em colaboração com as Federações estaduais e os clubes de futebol.

“A CBF tomou a iniciativa de disponibilizar um link para que todos possam contribuir e ajudar a aliviar o sofrimento do povo gaúcho, que são nossos irmãos. A CBF mantém uma estreita colaboração com a Federação Gaúcha para identificar como podemos ajudar da melhor forma possível”.

Governo defende paralisação

O ministro do esporte, André Fufuca, revelou à CNN na quinta-feira passada (10) sua intenção de solicitar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a suspensão temporária do Campeonato Brasileiro, devido aos impactos das fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Ele considera que um período de duas semanas seria “razoável”.

A CBF já havia anunciado na terça-feira anterior (7) o adiamento das partidas envolvendo clubes gaúchos em todas as competições nacionais, abrangendo três das quatro divisões do Campeonato Brasileiro masculino, feminino e Sub-20, além da Copa do Brasil.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas