14.4 C
Jundiaí
quinta-feira, 20 junho, 2024

Geds: Ação social do Divino Salvador arrecada mais de 3 toneladas de mantimentos

spot_img

A arrecadação da tradicional Gincana Estudantil Divino Salvador (GEDS) 2024 foi concluída esta semana com sensação de missão cumprida. A campanha resultou na coleta de mais de 3 toneladas de alimentos, como leite, feijão, arroz, óleo, açúcar e itens de higiene pessoal, destinados a 11 entidades de Jundiaí. Durante a campanha, no entanto, ocorreu a tragédia no Rio Grande do Sul, e os alunos se mobilizaram para ajudar também as vítimas da inundação.

O diretor pedagógico, Evandro Grioles, explica que a ação social integrada à gincana faz parte do desenvolvimento dos alunos. “Estimular a solidariedade reforça o humanismo e os valores cristãos do Colégio Divino Salvador. No início da gincana, nos reunimos e entramos em contato com as 11 entidades da cidade para saber o que cada uma precisava para se manter durante um semestre. Em algumas entidades, atingimos a meta; em outras, não, mas temos certeza de que fizemos a diferença. Isso contribui para o crescimento das nossas crianças e jovens”, destaca Grioles.

A gincana, que existe desde 1982, também inclui momentos esportivos e culturais. Na próxima semana, de 20 a 23 de maio, a Nova GEDS 2024 promoverá as atividades esportivas, culturais e recreativas.

Solidariedade

As entidades beneficiadas este ano foram: Associação de Educação Terapêutica Amarati, Associação Maria de Magdala, Casa Transitória “Nossa Senhora Aparecida”, Centro Comunitário Vila Hortolândia, Centro de Convivência “Nosso Lar”, Centro Educacional João de Deus, Centro Espírita João Batista, Lar Nossa Senhora das Graças, Paróquia São Vicente de Paulo e Pastoral da Criança, Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Vila Arens e Pastoral de Atendimento e Integração do Menor-PAIM.

Além das doações para essas instituições e para as vítimas da inundação no sul do país, os alunos também se mobilizaram para aumentar a doação de sangue na Colsan – Associação Beneficente de Coleta de Sangue. Em uma ação coletiva, quase 100 pessoas participaram da campanha organizada pelos estudantes.

A arrecadação para as vítimas do sul durou uma semana e envolveu mais de 900 alunos da escola. O foco inicial era coletar leite e água, principalmente para atender crianças, mas a campanha ganhou força e as famílias contribuíram também com roupas, sapatos, fraldas, brinquedos e livros. O transporte das doações foi realizado pelas empresas Diede Comercial e Agropecuária e Mônica Areia e Pedra, de pais de alunos, e os itens foram enviados diretamente para as famílias no Rio Grande do Sul.

“É um grande orgulho ver todos esses alunos envolvidos para ajudar as pessoas. A formação do nosso colégio prioriza e estimula valores como esses e, para mim, em especial, é emocionante o resultado da nossa campanha”, concluiu o diretor geral do Colégio Divino Salvador, padre Jair Carlesso, que tem familiares e amigos no sul do país.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas