15.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 21 junho, 2024

Estudo aponta avanços para anticoncepcional masculino não hormonal

spot_img

Embora os estudos para criar uma pílula anticoncepcional masculina já estejam em andamento, os avanços nessa área têm sido limitados até o momento. Contudo, uma recente pesquisa, divulgada no dia 23 deste mês, revelou que uma pílula não hormonal pode representar uma opção promissora e reversível para a contracepção masculina.

Os resultados foram compartilhados na revista científica Science por uma equipe de pesquisadores do Baylor College of Medicine (BCM), nos Estados Unidos. O estudo, conduzido em modelos animais (ratos), adotou uma abordagem não hormonal, centrada em uma molécula capaz de inibir a STK33 (serina/treonina quinase 33), uma proteína fundamental na fertilidade tanto de homens quanto de camundongos.

Estudos anteriores revelaram que a presença da proteína STK33 é concentrada nos testículos e desempenha um papel crucial na formação de espermatozoides viáveis. Em camundongos, a mutação genética relacionada a essa proteína resulta em esterilidade devido a anomalias e baixa motilidade dos espermatozoides.

Em seres humanos, a presença de mutações no gene STK33 também está associada à infertilidade. No entanto, ao contrário dos camundongos, essas mutações genéticas não parecem afetar a estrutura testicular nem causar outras condições de saúde significativas.

“STK33 é, portanto, considerado um alvo promissor com preocupações mínimas de segurança para contracepção masculina”, declara Martin Matzuk, diretor do Centro para Descoberta de Medicamentos e presidente do Departamento de Patologia e Imunologia do Baylor, conforme comunicado divulgado pela BCM. “Embora inibidores do STK33 tenham sido descritos, nenhum deles é específico para o STK33 ou suficientemente potente para interromper a função do STK33 em organismos vivos.”

O estudo

Para conduzir o estudo, os pesquisadores empregaram uma tecnologia denominada DEC-Tec (Tecnologia Química Codificada por DNA), que foi instrumental na exploração de uma vasta coleção de compostos para identificar inibidores potentes da proteína STK33.

Essa abordagem possibilitou a identificação das substâncias capazes de inibir a proteína, resultando em infertilidade nos camundongos. Posteriormente, os pesquisadores desenvolveram versões modificadas desses compostos para aumentar sua estabilidade, potência e seletividade. “Dentre essas versões modificadas, o composto CDD-2807 mostrou-se o mais eficaz”, afirma Angela Ku, cientista da equipe do laboratório Matzuk.

“A seguir, avaliamos a eficácia do CDD-2807 em nosso modelo de camundongo”, explicou Courtney M. Sutton, coautora do estudo e pós-doutora no laboratório Matzuk. “Testamos diversas doses e protocolos de tratamento, analisando a motilidade e o número de espermatozoides nos camundongos, além de sua capacidade de fertilização das fêmeas.”

De acordo com os pesquisadores, o composto CDD-2807 demonstrou eficácia ao atravessar a barreira sangue-testículo e reduzir a motilidade e o número de espermatozoides, resultando na diminuição da fertilidade dos ratos. “Ficamos satisfeitos ao constatar que os ratos não apresentaram sinais de toxicidade decorrente do tratamento com CDD-2807, que o composto não se acumulou no cérebro e que o tratamento não afetou o tamanho dos testículos, similarmente aos ratos com knockout para Stk33 e aos homens com a mutação STK33”, acrescenta Sutton.

Fertilidade reversível

Um dos aspectos positivos destacados pelos pesquisadores é a reversibilidade do efeito do inibidor de STK33. Ou seja, a infertilidade induzida não é permanente. “Após um período sem a administração do composto CDD-2807, os ratos recuperaram tanto a motilidade quanto o número de espermatozoides e voltaram a ser férteis”, afirma Sutton.

O próximo estágio do estudo envolverá uma análise mais aprofundada do CDD-2807 como inibidor da proteína STK33, bem como de outros compostos com ações semelhantes, em primatas. Isso visa determinar a eficácia dessas substâncias como contraceptivos masculinos reversíveis.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas