29.3 C
Jundiaí
sábado, 13 abril, 2024

Michelle Bolsonaro planeja apelar da decisão sobre os móveis do Alvorada

spot_img

A defesa de Michelle Bolsonaro informou à reportagem que recorrerá ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal no caso do “sumiço dos móveis do Alvorada”. A Justiça rejeitou hoje um pedido feito por Jair Bolsonaro e pela ex-primeira-dama por uma indenização e por uma retratação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A juíza Glaucia Barbosa Rizzo da Silva não analisou o mérito da questão, mas encerrou o caso por questões processuais, alegando que a União deveria ter sido processada.

De acordo com pessoas próximas ao casal Bolsonaro, a decisão de primeira instância é vista como um “salvo conduto” para que presidentes ataquem pessoas e a União seja responsabilizada.

No início do mandato, Lula e a primeira-dama Janja da Silva reclamaram do sumiço de móveis no Palácio do Alvorada e insinuaram que eles teriam sido levados pelos Bolsonaro. Posteriormente, os móveis foram encontrados em um depósito.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas