16.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 29 maio, 2024

Bolsonaro registra ‘melhora progressiva’ enquanto permanece sem previsão de alta

spot_img

O ex-presidente Jair Bolsonaro, do Partido Liberal (PL), permanece hospitalizado no Hospital Vila Nova Star, localizado na zona sul de São Paulo, conforme indicado pelo boletim médico divulgado nesta segunda-feira (13). Ainda não há previsão para sua alta.

Segundo o comunicado, o estado clínico de Bolsonaro é estável, caracterizado pela ausência de febre e pela melhoria progressiva do quadro infeccioso.

O político está sob os cuidados do cirurgião Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e do cardiologista Leandro Echenique para tratar um quadro de erisipela. Ele deu entrada em uma unidade hospitalar em Manaus, no Amazonas, no último dia 5, para tratar essa condição inflamatória na pele, especificamente no membro inferior esquerdo. No dia seguinte, segunda-feira passada (6), Bolsonaro foi transferido para a capital paulista, onde permanece internado desde então.

Além das atualizações fornecidas pelos boletins médicos, o político tem utilizado suas redes sociais para compartilhar informações sobre seu estado de saúde. Na última sexta-feira (10), o ex-presidente divulgou um vídeo no qual é visto caminhando e realizando exercícios na perna afetada pela inflamação, demonstrando sua recuperação.

O que é erisipela?

A erisipela é uma doença inflamatória que afeta a pele, podendo atingir o tecido adiposo subcutâneo. Causada por bactérias que se propagam pelos vasos linfáticos, ela geralmente afeta os membros inferiores. A condição é mais comum em idosos e em pessoas com diabetes ou obesidade.

Os sintomas iniciais da erisipela podem incluir mal-estar, fadiga, calafrios, febre, náuseas e vômitos, além de sinais visíveis na pele, como dor, aumento da temperatura, vermelhidão e inchaço no membro afetado.

Em casos mais graves, a infecção pode resultar em bolhas, feridas necróticas e até mesmo infecção generalizada, com risco de morte. É importante procurar assistência médica ao primeiro sinal de sintomas para iniciar o tratamento adequado e evitar complicações.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas