16.4 C
Jundiaí
segunda-feira, 17 junho, 2024

Paul McCartney admite arrependimento que influenciou a composição da música ‘Yesterday’

spot_img

Aos 81 anos, Paul McCartney abre o coração sobre a inspiração pessoal por trás de ‘Yesterday’, dos Beatles. O músico revela que o verso ‘eu disse algo errado, agora anseio pelo ontem’ é uma alusão a um episódio marcante de sua juventude, no qual ele constrangeu sua mãe, Mary, e lamenta não ter tido a chance de se desculpar antes de sua partida.

Em seu podcast ‘A Life in Lyrics’, McCartney compartilha a reflexão: ‘Às vezes, só conseguimos apreciar olhando para trás. Lembro-me vividamente de um dia em que me senti profundamente envergonhado por ter constrangido minha mãe.

No quintal, ela falava com uma elegância peculiar. “Ela era de origem irlandesa e era enfermeira, então era de um nível acima. Tinha esse jeito um pouco chique”, explicou McCartney.

“É um pouco galesa também; tinha raízes, sua tia Dilys era galesa. Lembro claramente dela dizer com um sotaque: ‘Paul, pergunte a ele se ele vai'”, recorda.

O músico explica que corrigiu sua mãe em relação ao seu sotaque, causando-lhe constrangimento. McCartney relata ter carregado arrependimento pela situação, especialmente após a morte de Mary, em 1956, quando ele tinha apenas 14 anos.

“Eu a corrigi e ela ficou um pouco envergonhada. Lembro-me depois de pensar: ‘Deus, como eu gostaria de não ter dito isso’. E isso ficou comigo. Depois que ela morreu, pensei: ‘Ah, eu realmente gostaria [de não tê-la corrigido]”, relembrou ele.

A história serviu de inspiração para a composição de “Yesterday”, que ele escreveu em parceria com seu ex-companheiro de banda, John Lennon, uma década depois do ocorrido, quando tinha 24 anos.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas