14.7 C
Jundiaí
segunda-feira, 22 abril, 2024

Daniel Alves recebe sentença de 4 anos e 6 meses por crime de estupro na Espanha

spot_img

Daniel Alves, lateral-direito brasileiro, recebe sentença de quatro anos e seis meses de prisão por estupro na Espanha. Sentença anunciada nesta quinta-feira em Barcelona.

Além da sentença, jogador Daniel Alves é condenado a pagar 150 mil euros (aproximadamente R$ 800 mil) à vítima.

Após um ano de detenção, tempo que será subtraído de sua condenação, Daniel Alves enfrentará cinco anos de liberdade condicional, junto com uma ordem de restrição de nove anos e seis meses, proibindo a aproximação a menos de mil metros do domicílio ou local de trabalho da vítima.

O Tribunal Superior de Justiça da Catalunha afirmou: ‘O réu foi considerado culpado de segurar bruscamente a vítima, jogando-a ao chão e perpetrando violência sexual, apesar dos protestos contrários da mesma, que expressamente manifestou desejo de partir.’

Dessa forma, o tribunal concluiu pela existência de ausência de consentimento, uso de violência e penetração sexual.

O julgamento

O julgamento do lateral-direito Daniel Alves, acusado de agressão sexual contra uma mulher em uma boate de Barcelona em dezembro de 2022, chegou ao fim em 7 de fevereiro após três dias de audiência. Durante o processo, testemunhas, a vítima, peritos e o acusado foram ouvidos.

Apesar do pedido da defesa do atleta para suspensão do julgamento devido à suposta violação de direitos, como o da presunção de inocência, o Tribunal de Barcelona decidiu prosseguir. Os magistrados afirmaram que não houve violação de direitos, destacando que Daniel Alves teve assistência de uma advogada desde sua prisão.

Durante seu depoimento, o jogador chorou, alegando consumo excessivo de álcool e negando as acusações de estupro. À época, a vítima tinha 23 anos e o acusava de agressão sexual.

E agora?

Daniel Alves ainda tem a possibilidade de recorrer a outro tribunal. Esta sentença pode ser apelada ao Superior Tribunal de Justiça da Catalunha, e uma última apelação pode ser feita ao Tribunal Supremo em Madri.

O jogador deverá cumprir a pena na Espanha, uma vez que o crime ocorreu e foi julgado em território espanhol. Se ele desejar cumprir a sentença em seu país natal, precisará fazer uma petição à Justiça.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas