13.8 C
Jundiaí
segunda-feira, 22 abril, 2024

Bolsonaro e outras 22 pessoas são convocadas para depor nesta quinta-feira

spot_img

Nesta quinta-feira (22), a Polícia Federal (PF) tem agendado o depoimento de 23 indivíduos relacionados ao alegado plano golpista, supostamente articulado em 2023, com o objetivo de manter Jair Bolsonaro (PL) na presidência do Palácio do Planalto.

Conforme apurado pela reportagem, os depoimentos serão conduzidos a partir das 14h30 em oito unidades da federação: Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará.

A investigação da força policial visa determinar se auxiliares e aliados da gestão anterior discutiram um plano, detalhado em uma suposta “minuta golpista”, com o intuito de evitar que Luiz Inácio Lula da Silva assumisse o poder, caso fosse eleito.

A investigação se fundamenta em vídeos, mensagens e documentos apresentados no âmbito do acordo de delação premiada do ex-ajudante de ordens Mauro Cid.

Um dos investigados é Jair Bolsonaro. Sua defesa buscou adiar o julgamento em três ocasiões, porém, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, indeferiu os pedidos.

A defesa argumentou que desejava ter acesso ao material obtido pela Polícia Federal durante as buscas e apreensões. Entretanto, o ministro afirmou que os autos da investigação já haviam sido disponibilizados para a defesa.

Mesmo sem conseguir adiar o depoimento, Bolsonaro planeja comparecer, mas pretende exercer o direito de permanecer em silêncio. É garantido a todo investigado o direito de não produzir provas contra si mesmo, optando pelo silêncio durante o interrogatório.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas