29.3 C
Jundiaí
sábado, 13 abril, 2024

Até 2026, Governo de São Paulo quer alfabetizar 90% das crianças até 7 Anos

spot_img

Nesta terça-feira (20), o governo de São Paulo lançou o programa “Alfabetiza Juntos SP”, com o objetivo ambicioso de garantir que até 2026, 90% das crianças de 7 anos estejam alfabetizadas. O anúncio foi realizado durante uma cerimônia na Sala São Paulo, localizada no centro da capital paulista.

O decreto foi assinado pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e pelo secretário estadual de Educação, Renato Feder. Para alcançar a meta estabelecida, a secretaria pretende distribuir material didático para os 645 municípios do estado, além de colaborar ativamente com a formação continuada dos professores, visando fortalecer as práticas pedagógicas e garantir um ensino de qualidade.

Em dezembro de 2023, os resultados da Avaliação da Fluência de Leitura revelaram que somente 64% dos estudantes com até 7 anos demonstravam habilidade de leitura, enquanto os outros 36% eram classificados como pré-leitores.

O secretário Renato Feder ressaltou que alunos que não adquirem a habilidade de leitura até essa idade enfrentam dificuldades ao longo de seu percurso escolar. Ele explicou que essa defasagem tende a se agravar ao longo do tempo, criando um ciclo de desvantagem para esses estudantes.

As 1.400 escolas estaduais que abrangem os anos iniciais do ensino fundamental estão sendo convocadas a participar do programa de alfabetização. O governo paulista destaca a colaboração da Associação Bem Comum, que já implementou projetos semelhantes em outros 15 estados do país, como uma parceira essencial do Alfabetiza Juntos SP, sem ônus financeiro para o Estado.

Na primeira edição da Avaliação de Fluência Leitora, quase 329 mil estudantes da rede pública fizeram o teste em 606 cidades, onde 56% dos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental foram classificados como leitores fluentes. Em dezembro de 2023, esse número subiu para 64%, com uma avaliação realizada em 600 municípios, englobando quase 344 mil estudantes.

Crianças consideradas leitoras fluentes são aquelas capazes de ler de 45 a 60 palavras corretamente, 28 a 40 palavras inventadas em 1 minuto e alcançam uma precisão de 97% na leitura de textos.

Para aderir ao programa, os municípios precisarão se cadastrar no Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas