21.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 17 abril, 2024

Tok&Stok tem dívida de R$ 350 milhões adiada por dois anos

spot_img

Na manhã desta terça-feira (27), a Tok&Stok divulgou um comunicado informando que os bancos deram dois anos de carência para o pagamento da dívida de R$ 350 milhões. 

A varejista brasileira recebeu aporte de R$ 100 milhões do fundo norte-americano Carlyle e de seus sócios, além do refinanciamento de dívidas com bancos. 

“Como resultado de seu processo de reestruturação, a companhia já apresenta geração de caixa positiva em 2023”, diz um trecho da nota emitida. 

A empresa esclareceu que, atualmente, foca em negócios essenciais e no desenvolvimento de frentes como simplificação de seu organograma, da gestão de processos em suas lojas, da operação em seu centro de distribuição e com foco na transformação digital rentável, utilizando sistemas ágeis e robustos para garantir a excelência em seu atendimento. 

“Diante de um momento desafiador de mercado, a empresa coloca seu foco na gestão de caixa e melhora da operação”, frisa. A varejista fechou 17 lojas não rentáveis como parte do processo de reestruturação. 

Assim, a Tok&Stok, fundada em 1978 pelo casal de franceses Régis e Ghislaine Dubrule para oferecer móveis e acessórios com design inovador, manteve lojas físicas em todos os Estados que atuavam e as 51 unidades da rede operavam no positivo.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas