26.4 C
Jundiaí
sábado, 24 fevereiro, 2024

Itupeva dá largada no trabalho que vai proteger cidade contra as enchentes

spot_img

Obras de drenagem urbana do Córrego da Lagoa, primeira do PDI, irão triplicar vazão

Começaram os trabalhos que evitarão os transtornos e a preocupação da população de Itupeva no período de águas, especialmente dos moradores dos bairros vizinhos aos córregos da Lagoa e Piracatu. O empenho da gestão municipal em solucionar a histórica dificuldade da cidade com as chuvas se concretizou com o início das obras do projeto de drenagem urbana do Córrego da Lagoa, a primeira ação do PDI – Programa de Desenvolvimento de Itupeva, lançado pelo governo municipal no último dia 30 de março.

O primeiro passo foi dado na tarde desta quarta-feira, dia 12 de abril. A intervenção será em aproximadamente 600 metros e envolverá um orçamento total de R$ 20 milhões, aumentando em três vezes a vazão do Córrego da Lagoa.

O secretário de Obras e Planejamento Urbano detalhou as obras, explicando que o Córrego da Lagoa não suporta mais toda a demanda de água pluvial que chega no município. “Planejamos muito essa obra e iniciamos um trabalho que vai triplicar a vazão de escoamento. Um projeto audacioso do prefeito, que estamos preparados para cumprir”, explicou Kleberson Renato.

Quem comemorou o início das obras foi a munícipe Maria Elinelda Albino, do Jardim Alegria. “Há 13 anos eu moro aqui e sofro com as enchentes. Há pouco tempo pensamos até em mudar de casa, sair daqui. Mas agora, com essa novidade da Prefeitura, com certeza ficarei por aqui me sentindo mais segura”, disse ela. 

Carla Violim, engenheira da empresa responsável pela execução das obras detalhou a operação: “Vamos fazer a canalização e manutenção do córrego, com aduelas que vão evitar que ele encha e extrapole o seu leito, vazando e atingindo as ruas e casas dessa região”, explicou.

Para o vice-prefeito e secretário de governo Alexandre Mustafá, coordenador do PDI, o apoio dos vereadores na aprovação dos projetos foi muito importante e agora será a vez de contar também com a população. “As comunidades dos bairros cortados pelos córregos acompanharão mais de perto as obras e por isso, receberão informações e orientações mais detalhadas sobre o projeto. Precisaremos do apoio de todos, uma vez que haverá necessidade de intervenções em algumas ruas, a presença dos maquinários, coisas que sabemos que poderão incomodar um pouco a rotina. Mas será por um motivo muito nobre e em benefícios diretos de todos e do futuro de Itupeva”, analisou Mustafá.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas