22.5 C
Jundiaí
segunda-feira, 15 abril, 2024

Fundo que financia seguro-desemprego tem rombo que ultrapassa R$ 5 bi

spot_img

Técnicos do Ministério do Trabalho e Emprego alertam: o fundo que financia o seguro-desemprego e abono salarial voltou a atuar no vermelho, após dois anos de resultados positivos, causando preocupação no governo federal.

Segundo estes mesmos técnicos, a quem cabe calcular o Fundo de Amparo ao Trabalhador, o rombo já contabiliza mais de R$ 5 bilhões. Assim, é obrigação do governo federal, como norma de cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, apresentar o Projeto de Diretrizes Orçamentárias, enviado ao Congresso neste mês.

A análise mais recente inverte a avaliação feita pelo governo anterior. No ano passado, as receitas do fundo cresceram até 2025 em ritmo superior ao das despesas e em nível suficiente para cumprir as funções legais. 

Em documento enviado neste mês aos parlamentares, as estimativas são de receitas crescendo 7,94% até 2026 e despesas de 10%, acumulando um déficit de R$ 13 bilhões. 

Estimativas apontam que as receitas do fundo serão insuficientes para o atendimento das projeções de suas obrigações legais, com geração de desequilíbrio financeiro.

Ainda que as projeções sejam negativas, o governo tem a intenção de direcionar recursos significativos do fundo para qualificação profissional. Em 2023, a intenção é direcionar R$ 136 milhões, com um aumento de recursos graduais até 2026.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas