22.6 C
Jundiaí
sábado, 24 fevereiro, 2024

Bombeiros encontram corpo de vítima de deslizamento em São Gonçalo

spot_img

Fonte: Agência Brasil


O Corpo de Bombeiros resgatou, na tarde de hoje (15), sem vida, o corpo de Rosilene Pereira Santiago, 34 anos de idade, vítima do desabamento de parte da casa em que morava com o marido Alan Santiago Cabral, de 45 anos, e a filha Maitê Santiago Pereira, 4 anos. Há mais de 40 horas os militares trabalham no local com apoio de voluntários brigadistas, formados em bombeiros civis, para localizar o casal e a criança, que estavam desaparecidos.

A casa, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de janeiro, foi atingida pelo deslizamento provocado pelo temporal que caiu no município na segunda-feira (13) à noite.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), cerca de 60 militares, com apoio de cães farejadores e drones, continuam as buscas de mais duas pessoas. O porta-voz do CBMERJ, major Fábio Contreiras, disse que não há previsão de término dos trabalhos no local.

“A gente está colocando alguns esforços onde os nossos cães estão indicando, porque geralmente eles têm faro muito melhor e conseguem indicar os locais possíveis de vítimas. Isso acelera muito o trabalho, mas tem muita lama, muita terra, muito material que precisa ser retirado, o que está sendo feito pelos nossos militares com maquinário”, informou.

O major disse que com a ajuda do maquinário que começou a ser usado hoje, foi possível remover boa parte dos escombros. “Isso ajudou bastante e a gente conseguiu encontrar esta vítima com rapidez. A gente acredita que as outras vítimas possam estar próximas”, disse.

Os cães auxiliam nas varreduras feitas pelos militares no local. Além disso, para manter o ritmo de trabalho, as equipes fazem revezamento de tempos em tempos para conseguir os desaparecidos.

Segundo o porta-voz, foram muito importantes as informações passadas por pessoas e amigos da família. Os documentos e celulares encontrados também ajudaram a levar ao espaço da casa onde estava Rosilene. “É um trabalho conjunto. A gente junta as informações e começa a fazer o desmanche manual, que é a técnica que a gente usa no local onde tem a suspeita em que as vítimas estejam, lembrando que essa ocorrência tem a própria terra e o barro que deslizou como também muito material de concreto, metal ferro, troncos”, disse sobre a dificuldade dos bombeiros conseguirem atuar.

O major informou ainda que o corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da região metropolitana do Rio.

Essa é a segunda morte registrada após as chuvas do início da semana em São Gonçalo. No mesmo bairro, uma mulher morreu por causa de outro desabamento.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas