20.4 C
Jundiaí
sábado, 4 fevereiro, 2023

Google muda domínios de serviços e dificulta configurações de privacidade

Fonte: Canaltech

Uma mudança nos domínios de seus serviços, aplicada pelo Google no final de novembro, está sendo criticada por interferir na privacidade dos usuários. A alteração faz com que as permissões relacionadas a dados e telemetria sejam dadas à URL da própria empresa, e não a cada uma de suas plataformas, o que impediu um controle individual dos acessos em cada um deles.

Na mudança, por exemplo, o endereço maps.google.com, um subdomínio com suas próprias configurações individuais, passou a redirecionar os usuários para google.com/maps, para utilização da plataforma de Mapas. A permissão de localização, entretanto, passou a ser referente ao domínio geral do Google, o que significa que outras plataformas, como o Voos, também passariam a ter acesso a ela mesmo que o usuário não deseje que isso aconteça. O blog do desenvolvedor de software Garrit Franke, da AppMotion, foi um dos primeiros a levantar o problema.

A mudança dificulta o gerenciamento de permissões. Caso não deseje que a pesquisa por uma passagem aérea resulte em coleta dos dados de localização, é preciso realizar essa mudança manualmente pelo navegador de internet; entretanto, para quem usa o Mapas com frequência, será necessário fazer a ativação novamente, ou então, concordar com um acesso direto às informações por todos os serviços que estiverem no domínio geral do Google.

Com isso, também se abrem as possibilidades de mais rastreamento dos utilizadores em diferentes páginas e serviços, mesmo naqueles em que certas permissões não forem necessárias. Caso a mudança seja realizada em mais plataformas, o Docs também passaria a ter acesso ao microfone usado para realizar uma busca por voz, por exemplo, aumentando a quantidade de dados disponíveis à gigante e reduzindo o controle por parte dos usuários.

Para os brasileiros, a mudança pode entrar em conflito com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), assim como legislações semelhantes em outros países. Segundo a norma nacional, os usuários precisam dar permissões explicitas e inequívocas sobre a coleta e uso dos seus dados, com um novo pedido precisando ser realizado para uso diferente do original — no caso, uma utilização da localização, concedida ao Mapas, também no Voos, por exemplo.

Até o momento em que esta reportagem é escrita, apenas os dois serviços citados, Voos e Mapas, tiveram o domínio alterado, mas sempre existe a possibilidade de o restante dos recursos também passarem pelo mesmo processo. O Canaltech entrou em contato com o Google em busca de um pronunciamento, mas a companhia não respondeu até o fechamento.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas