14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Nova tecnologia de IA do Google resguarda celular roubado

spot_img

Nesta quarta-feira (15), o Google revelou uma gama de atualizações para dispositivos Android, visando proteger os usuários contra o roubo de celulares. Uma das inovações apresentadas é a utilização de Inteligência Artificial (IA) para detectar situações de roubo e, de forma automática, acionar o bloqueio da tela do aparelho.

Além dessa funcionalidade, a empresa também revelou a introdução de um “espaço privado” nos celulares, destinado a agrupar aplicativos contendo informações sensíveis, como aplicativos bancários ou de saúde, sob uma camada adicional de proteção.

Uma parcela das novas funcionalidades de proteção contra roubo estará acessível ainda este ano para usuários com Android 10+ através da atualização do Google Play Services. Já outras características serão incorporadas na atualização do Android 15.

Mais detalhes:

1. Atualização da redefinição de fábrica

Uma das novidades reveladas é a atualização do processo de redefinição de fábrica, projetada para evitar que um ladrão redefina o dispositivo após roubá-lo. Com essa atualização, caso um ladrão tente forçar a redefinição do celular, não conseguirá configurá-lo novamente sem ter acesso às credenciais do dispositivo ou da conta do Google do proprietário.

Essa medida torna o dispositivo roubado inutilizável para venda, potencialmente diminuindo os incentivos para o roubo de celulares.

2. Espaço privado para esconder aplicativos confidenciais

Com o objetivo de evitar a extração e transferência de informações valiosas e confidenciais, como dados financeiros e de saúde, o espaço privado é uma nova funcionalidade destinada a criar uma área isolada no celular. Essa área pode ser ocultada e protegida com um PIN separado, oferecendo uma camada extra de segurança para aplicativos contendo dados sensíveis.

3. Mais etapas para alternar configurações confidenciais

As configurações, como “Encontre Meu Dispositivo” ou o tempo limite de tela, só serão modificadas após inserção do PIN, senha ou autenticação biométrica. Essa atualização tem como objetivo adicionar uma camada adicional de segurança para evitar que criminosos mantenham o celular roubado desbloqueado ou fora de alcance de rastreamento.

4. Autenticação aprimorada caso o PIN seja conhecido por um ladrão

Se o ladrão descobrir o PIN que concede acesso aos recursos de segurança, a autenticação aprimorada, quando habilitada, demandará autenticação biométrica e um atraso de tempo condicional para acessar e modificar configurações críticas da conta do Google e do dispositivo, como a alteração do PIN ou a desativação do “Encontre Meu Dispositivo”.

5. Bloqueio de tela automático com tecnologia de IA

A IA do Google poderá detectar quando o celular é arrancado da mão, monitorando também movimentos como corrida e andar de bicicleta — comuns durante um furto. Se um movimento como esse for detectado, a tela do telefone será bloqueada rapidamente, impedindo que os ladrões acessem facilmente seus dados.

6. Proteção adicional quando um ladrão estiver com o dispositivo

Se um ladrão tentar desconectar o seu telefone por períodos prolongados, o bloqueio offline do dispositivo entrará em ação automaticamente, bloqueando a tela para proteger os dados, mesmo quando o dispositivo estiver fora da rede.

O Android também será capaz de detectar outros sinais de que o seu dispositivo pode estar em posse errada, como tentativas excessivas de autenticação malsucedidas.

7. Bloqueio remoto após o telefone ser roubado

O recurso de bloqueio remoto permite bloquear a tela do celular usando apenas o número do telefone e uma rápida autenticação com qualquer outro dispositivo. Isso oferecerá tempo para recuperar detalhes da conta e acessar recursos como Encontre Meu Dispositivo, incluindo a possibilidade de realizar uma redefinição completa de fábrica para limpar o dispositivo por completo.

Quando as novidades estarão disponíveis?

Conforme anunciado pelo Google, as atualizações de proteção contra redefinição de fábrica e a implementação do espaço privado serão lançadas como parte do Android 15. As melhorias na autenticação estarão disponíveis para dispositivos selecionados ainda este ano.

O bloqueio de detecção de roubo e o bloqueio offline do dispositivo serão disponibilizados para dispositivos Android 10+ por meio de uma atualização do Google Play Services prevista para este ano.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas