23.4 C
Jundiaí
sábado, 13 abril, 2024

Tradicional Salão de Artes Visuais de Vinhedo está aberto

spot_img

O Tradicional Salão de Artes Visuais de Vinhedo (SAV) está aberto à visitação desde sábado,         no Centro de Exposições e Galeria de Artes Edilson Caldeira (Rua Monteiro de Barros 101, Centro). Foram 1.368 obras de arte registradas em 567 inscrições, de 20 estados brasileiros. Na mostra, 65 artistas apresentam 90 trabalhos selecionados pela comissão de jurados. Este ano o evento conta com a Sala Especial, dedicada ao artista naturalizado em Vinhedo, Adelio Sarro.

 A mostra estará aberta até 15 de outubro, de terça a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e aos sábados, das 9 às 14 horas. Dos trabalhos selecionados, oito foram contemplados com a Premiação Honorífica e outros oito com a Premiação Aquisitiva, somando R$ 25 mil. As obras da Premiação Aquisitiva são incorporadas ao Acervo Público Municipal de Arte.

O evento recebeu inscrições de artistas de 19 estados brasileiros, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo, e do Distrito Federal. O período de inscrições ocorreu de 23 de maio a 24 de junho, através de formulário online.

Desde 1995, o Salão de Artes Visuais fazem parte do calendário cultural de Vinhedo, acontecem anualmente e ininterruptamente, palco para as mais variadas produções artísticas, de todos os cantos do País. “O SAV se consolida como tradição cultural de Vinhedo e como uma das mais importantes mostras de arte da região, do Estado e do País”, afirmou o secretário de Cultura, Renato Romanetto.

 O evento passou a ser chamado de Salão de Artes Visuais (SAV) de Vinhedo em 2002 e foi realizado virtualmente durante a pandemia. “O SAV democratiza a arte ao torná-la acessível, dá visibilidade aos artistas, valora e premia os que se destacam, fomentando e apoiando as artes”, disse Romanetto.

O artista plástico Adelio Sarro, que mantém em Vinhedo um museu com suas obras, celebra este ano meio século de produção artística. Sarro construiu uma sólida carreira, com mais de 300 exposições em quatro continentes, mas nunca perdeu de vista suas raízes e o desejo de manter suas obras acessíveis ao grande público brasileiro. A Prefeitura de Vinhedo e Adélio Sarro criaram o projeto Caminhos do Memorial, uma série de cinco imponentes esculturas inéditas, instaladas a céu aberto na Rodovia Edenor Tasca para oferecer arte gratuita aos moradores e visitantes da cidade.

Novo Dia
Novo Diahttps://novodia.digital/novodia
O Novo Dia Notícias é um dos maiores portais de conteúdo da região de Jundiaí. Faz parte do Grupo Novo Dia.
PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas