16.4 C
Jundiaí
segunda-feira, 17 junho, 2024

Votação do Novo Ensino Médio é transferida para a próxima semana

spot_img

A votação do projeto do Novo Ensino Médio, que estava prevista para esta semana, foi adiada pela Comissão de Educação do Senado Federal. O adiamento foi resultado de um pedido coletivo de vista apresentado nesta terça-feira (11), garantindo aos senadores mais tempo para análise e discussão da proposta.

Na reunião, a relatora do projeto, senadora Dorinha Seabra (União-TO), apresentou o parecer final. Ela antecipou que, uma vez que o colegiado aprove o relatório, pedirá urgência para que o texto seja votado rapidamente no plenário do Senado.

O governo federal espera uma rápida aprovação do projeto de reforma do Ensino Médio, com o objetivo de implementar nas redes de ensino do país em 2025.

A nova proposta prevê 2.200 horas para a formação geral básica e 800 horas para os itinerários formativos, divergindo do texto aprovado pela Câmara dos Deputados no início do ano. Dessa forma, após a votação no Senado, a proposta precisará ser reavaliada pelos deputados.

Esta iniciativa modifica partes da reforma do Ensino Médio de 2017, sancionada durante a administração do ex-presidente Michel Temer (MDB), que recebeu críticas significativas de diversas entidades educacionais.

Prevista para esta semana, a votação do projeto do Novo Ensino Médio foi adiada pela Comissão de Educação do Senado Federal. O adiamento, solicitado em um pedido coletivo de vista nesta terça-feira (11), oferece mais tempo para os senadores avaliarem e discutirem a proposta.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas