16.4 C
Jundiaí
segunda-feira, 17 junho, 2024

Novo Dia desvenda mundo do TEA, em documentário lançado dia 18 de junho

spot_img

“TEAmo – Um Olhar Sensível sobre o Transtorno do Espectro Autista” é o tema do documentário produzido pelo Novo Dia. A estreia está marcada para o dia 18 de Junho, na sessão especial, às 10h, no Moviecom Jundiaí (no Maxi Shopping – Avenida Antonio Frederico Ozanan, 6000 – Vila Rio Branco) e exibição extra, no mesmo dia, no auditório do Senac (Rua Vicente Magaglio, 50 – Jardim Paulista), às 19h. Ambas estarão abertas para o público em geral, com entrada gratuita e convites limitados.

A importância do tema abordado ganha respaldo com o patrocínio da iniciativa privada. Nessa produção, o Novo Dia contou com o patrocínio da Pediatherapies (ouro). “O patrocínio cultural vem se destacando como uma importante ferramenta

de comunicação, ao fazer com que a empresa seja vista como socialmente responsável, além de possibilitar a interação com segmentos de mercado específicos”, afirma o diretor do GrupoND, Rodrigo Malagoli.

Neste mesmo viés, a produtora do documentário, Rosangela Torrezin, ressalta a importância de chamar a atenção da sociedade para que tenhamos um olhar mais humano. “Nós precisamos ser mais acolhedores, evitar a descriminalização, derrubar barreiras para que o convívio dessas pessoas seja saudável”, alerta.

O Novo Dia tem apostado nos documentários, especialmente por ser um produto audiovisual com relevante função social e educacional. Rosangela enxerga, não só o crescimento dessas produções, como o surgimento de profissionais que buscam pela formação. “É um caminho sem volta. Os documentários estão cada vez mais em evidência e ganham força ao exercer o papel de levar a informação completa e não unilateral”, exemplifica.

A produção

O processo de elaboração do TEAmo teve início no 1º semestre de 2023, com a pesquisa e elaboração do audiovisual. Em março deste ano, começou a produção com entrevistas de famílias e pessoas que convivem com o TEA. Com duração de aproximadamente 55 minutos, o documentário será exibido em um único episódio, não descartando a possibilidade de estender o assunto.

De forma humanizada, o documentário traz relatos emocionantes de quem vive o TEA, ainda que indiretamente. “Percebemos que a maior dificuldade está na sociedade, que ainda não aprendeu a incluir, derrubar barreiras e acolher essas pessoas”, diz Rosângela.

TEAmo será  o quinto documentário produzido pelo Novo Dia. Outras produções já foram feitas anteriormente sobre o Peama (Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas), o Instituto Luiz Braille, o Mundo das Crianças e a Ateal (Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem). 

O TEA

Definido como o Transtorno do Espectro Autista, o TEA está presente em 1 criança em cada 36 em 2024, segundo o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA). A prevalência de pessoas com TEA vem aumentando progressivamente: Em 2004, vinte anos atrás, o número divulgado pelo CDC era de 1 a cada 166.

O TEA é caracterizado por dificuldades na comunicação e interação social, podendo envolver outras questões como comportamentos repetitivos, interesses restritos, problemas em lidar com estímulos sensoriais excessivos (som alto, cheiro forte, multidões), dificuldade de aprendizagem e adoção de rotinas muito específicas. 

As pessoas com TEA inseridas nesse contexto estão diariamente em busca da efetivação dos seus direitos e de seu espaço na sociedade moderna, em que pese estarem esses direitos especificados em lei, e ainda precisam lidar com a discriminação, o preconceito e a exclusão. Assim, TEAmo propõe reabrir discussões sobre o assunto.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas