15.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 21 junho, 2024

Servidores passam por formação em busca da excelência

spot_img

Na sexta-feira (17), encerramento de trimestre e replanejamento para a educação infantil e ensino fundamental nas unidades escolares, foi um dia de formação e aprimoramento para os quase mil servidores da Secretaria de Educação, que receberam treinamentos específicos para cada área de atuação.
Realizado no Cineteatro Municipal Aluízio Rebello de Araújo, no HTPC e no Cemeb do Jardim Vitória, a formação contou com merendeiros, agentes de infraestrutura, assistentes de alunos, assistentes administrativos, educadores, professores de desenvolvimento infantil (PDI) e estagiários, com o objetivo de aprimorar o conhecimento e aperfeiçoar a atuação de cada setor.
“É muito importante podermos promover esse tipo de atividade para todos os servidores, buscando esse aprimoramento, que vai refletir no atendimento aos alunos da rede de ensino, que vão contar com profissionais mais preparados e motivados no dia a dia”, explicou a secretária da pasta, Monica Oliveira da Silva.
Para agentes de infraestrutura, assistentes de alunos e administrativos, o tema da atividade foi “Comunicação não violenta, acolhimento, atendimento humanizado e ética”.
Para merendeiros, o tema foi “Saúde mental e ética”, além de uma oficina sobre alimentação saudável, que foi realizada com apoio da Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor (EGDS) e da chef Cinthia Magalhães, que apresentou receitas para o cardápio dos alunos, que foram disponibilizadas em uma cartilha.
Para estagiários, o foco foi a educação inclusiva, com participação de profissionais da área de pedagogia, psicologia e fonoaudiologia, sob a responsabilidade da pedagoga, psicopedagoga e orientadora educacional Grace Vassalo.
Por fim, as PDIs e as educadoras passaram por formação do Programa União Faz a Vida, com a novidade de que essa foi a primeira vez que os professores de educação infantil participaram, já que, a partir deste ano, o programa passou a ser oferecido também nas creches.
“Esse também foi mais um grande avanço que tivemos este ano, levando o União Faz a Vida para as creches”, destacou a secretária Monica.
Este programa, realizado pelo PUFV, tem o objetivo de colocar o aluno como protagonista no processo de aprendizagem, por meio das “expedições investigativas”, que são o ponto de partida para a definição dos temas dos projetos cooperativos. Após a expedição, os próprios estudantes definem o projeto a ser realizado, escolhendo o tema sobre o qual querem conhecer mais.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas