16.4 C
Jundiaí
quarta-feira, 29 maio, 2024

RS: governador apela a população para que evite retornar as áreas de risco

spot_img

Diante da iminência de chuvas no Rio Grande do Sul, nos próximos dias, o governador Eduardo Leite (PSDB) emite um alerta enfático: população em áreas de risco deve evitar o retorno às regiões evacuadas.

O alerta do governador ocorreu durante entrevista coletiva, nesta sexta-feira (10). “Há previsão de elevação nos níveis dos rios devido às chuvas. Por isso, pedimos às pessoas que evitem retornar às áreas de risco”.

De acordo com meteorologistas do governo gaúcho, espera-se que o estado receba mais chuvas até a próxima segunda-feira (13). Os dias com maior possibilidade de temporais são domingo (12) e segunda-feira.

As áreas mais propensas a serem impactadas pelas chuvas abrangem as regiões central, norte e nordeste do estado, além dos vales, do litoral norte e da região metropolitana de Porto Alegre.

A partir de amanhã, os principais rios que cortam o estado, como o Taquari, Caí, Sinos e Jacuí, devem atingir níveis de inundação. No caso do Guaíba, que circunda a Grande Porto Alegre, os efeitos mais significativos devem se manifestar a partir de domingo, com previsão de ultrapassar os 5 metros de altura.

Além das inundações, o governador alertou para o risco de deslizamentos em áreas já saturadas pelo solo encharcado. Em resposta, serão implementadas interdições preventivas nas rodovias ERS-332, em Arroio do Meio; ERS-129, no Vale do Taquari; e Rota do Sol, em Caxias do Sul.

“Sobre as chuvas previstas para os próximos dias, o governador destacou o provável aumento dos níveis dos rios, como Taquari e Jacuí, além do potencial impacto na região do Guaíba e na área metropolitana”. O governador lembrou ainda sobre o risco de deslizamentos em regiões saturadas.

“Dessa forma, a orientação é permanecer alerta e evitar o retorno às comunidades neste final de semana”, concluiu o governador.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas