16.6 C
Jundiaí
sábado, 25 maio, 2024

Pesquisa aponta Galvão Bueno como narrador mais odiado e mais amado do Brasil

spot_img

Uma maneira eficaz de mensurar a influência de uma personalidade é analisar o quanto ela é amada ou odiada. A pesquisa “O Maior Raio-x do Torcedor” revela o impacto significativo de Galvão Bueno.

Galvão Bueno, ex-narrador do Grupo Globo, foi apontado como o mais admirado por 12% e o menos querido por 7%, uma margem significativa em comparação com os demais em ambas as situações. Cleber Machado, por exemplo, ocupa o segundo lugar na preferência do público, com 2%. Luís Roberto e André Henning, com 1%, também receberam menções.

Curiosamente, o streamer e empresário Casimiro Miguel, que atua como comentarista da CazéTV, também foi mencionado. Quanto aos mais criticados pelo público, Renata Silveira e Cleber Machado estão empatados em segundo lugar, com 1% cada.

Em comparação com o ano passado, no entanto, ele despertou menos paixão e aversão. Em 2023, o veterano narrador era o favorito de 36% e o mais criticado por 16%. Além disso, Milton Leite aparecia com 1% entre os que o lembravam tanto positivamente quanto negativamente.

Entre os narrados amados:

  • Galvão Bueno – 12%
  • Cléber Machado – 2%
  • Luís Roberto e André Henning – 1%

Entre os narradores odiados:

  • Galvão Bueno – 7%
  • Cleber Machado e Renata Silveira – 1%

Metodologia adotada:

O estudo “O Maior Raio-X do Torcedor” ouviu um total de 6.373 pessoas, incluindo 5.023 entrevistas detalhadas com torcedores de 278 cidades e 714 jovens com idades entre 7 e 15 anos. A coleta de dados ocorreu entre 27 de abril e 1º de maio de 2024, por meio de entrevistas presenciais com questionários estruturados. A margem de erro estimada é de 1,4 ponto percentual, com um nível de confiança de 95%.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas