15.4 C
Jundiaí
sexta-feira, 21 junho, 2024

Leilão da Prefeitura arrecada 112% do valor inicial

spot_img

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Administração e Gestão de Pessoas, promoveu leilão eletrônico para venda de bens inservíveis e arrecadou 112% de acréscimo do valor inicial. Os lances foram dados no período de 30 de abril de 2024 às 14 horas do dia 23 de maio de 2024, diretamente pelo site da empresa regularmente contratada para essa operação.
Esse foi o 5º Leilão realizado pela Prefeitura desde 2017. Dentre os materiais estavam utensílios de cozinha, compressores, equipamentos de informática, móveis, máquinas e automóveis antigos da frota municipal já com a documentação regularizada, além de sucatas. Os lances iniciais variaram entre R$ 50 e R$ 51.500, dependendo do objeto.
“Trata-se de bens que se tornaram inservíveis para o município, mas sabemos que serão úteis a outras pessoas. Por isso foram disponibilizados 73 lotes e os valores arrecadados voltarão para os cofres públicos para novos investimentos”, comenta o gestor adjunto de Administração, Eloi de Castro Neto.
O valor total inicial para os lotes foi de R$ 399.750,00. Dos 73 lotes oferecidos, 72 lotes foram arrematados, totalizando R$ 846.050,00, representando os 112% de acréscimo no valor.
“A realização de leilões de inservíveis é um procedimento muito importante para a gestão pública, pois, por meio dele, é possível arrecadar valores que retornam aos cofres públicos, para serem destinados a outras ações de atendimento de políticas públicas”, destacou Simone Zanotello de Oliveira, gestora de Administração e Gestão de Pessoas.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas