18.4 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Governador Eduardo Leite confirma rompimento de barragem no RS

spot_img

Ao divulgar um vídeo, nesta quinta-feira (2), o prefeito de Bento Gonçalves, Diogo Segabinazzi, informou que a barragem 14 de Julho, no interior do Rio Grande do Sul, colapsou devido as fortes chuvas que castigam diversas cidades gauchas, desde o início da semana.

Ainda segundo o prefeito, a gravidade da situação alerta a população para que deixem suas casas. Com o rompimento da barragem, a expectativa é de que o rio suba de 2 a 4 metros.

“Recebemos agora a informação da Ceran, que controla as barragens, que a barragem de 14 de Julho acabou de colapsar. A informação que a gente precisa passar para todos os moradores que vivem às margens do Rio das Antas e Rio do Taquari, é sair o mais rápido possível desse local. A tendência é que isso suba em torno de 2 a 4 m. Essa é a tendência que aconteça nos próximos minutos e nas próximas horas nos municípios mais abaixo, lá no Taquari. Importante: Isso é uma informação oficial e a gente precisa informar o máximo de pessoas possível dentro da margem do Rio das Antas e do Rio Taquari”.

O governador do estado, Eduardo Leite, utilizou suas redes sociais para confirmar a situação da barragem.

Em seguida, em outro vídeo, o vice-governador gaúcho, Gabriel Souza, alertou a população que mora na área considerada de risco para que deixe suas casas.

“Qual é a orientação imediata: Não é para esperar, não é para perguntar se é verdade, porque estou dizendo para vocês com a máxima gravidade que posso lhes dizer. Saiam de casa e subam, além do que já está colocado os rios, seis metros acima. Pelo menos seis metros acima. Saiam das zonas abaixo dessa cota, porque realmente a situação é gravíssima, muito séria, e precisamos que todos, imediatamente, sigam essa orientação, sob penas de perdermos muitas vidas”.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas