16.6 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

“Galo Índio” em circulação pelo estado retorna a Jundiaí

spot_img

Com o apoio da Unidade de Gestão de Cultura, por meio das diretorias de Cultura e Museus está de volta para duas apresentações gratuitas em Jundiaí, o monólogo autobiográfico “Galo Índio”, de Rodolfo Amorim, dirigido por Antônio Januzelli (Janô), que apresenta a visão de um órfão sobre a morte precoce de seu pai. Enquanto remonta os poucos fragmentos que permaneceram em sua memória, a vida e os costumes do interior emergem nessa busca por respostas, encontrando ecos nas experiências pessoais do público.
Essas apresentações fazem parte de uma circulação contemplada pelo Programa de Ação Cultura – ProAc, do Governo do Estado de São Paulo, e percorre cidades por onde passam a “estrada de ferro”, elemento importante nos acontecimentos relatados nesse espetáculo. São elas: Botucatu, Sorocaba, Mairinque, São Paulo e agora Jundiaí.
Em Jundiaí, além das apresentações gratuitas nos dias 11 e 12 de maio, acontece também um debate, após a apresentação do dia 11 (sábado) e uma oficina teatral gratuita, no dia 12 (domingo) às 14 horas (orientada por Rodolfo Amorim) para interessados em geral.
Todas as atividades serão realizadas no Museu dos Ferroviários, dentro do Espaço Expressa, na avenida União dos Ferroviários 1760 – Ponte de Campinas.
Esse trabalho de Rodolfo Amorim já se apresentou no Sesc Jundiaí em 2019 e seu texto foi um dos escolhidos para compor o Ciclo de Leitura Dramática do Sesc Jundiaí em novembro de 2022. No ano passado “Galo Índio”, recebeu o prêmio de Melhor Intérprete para Rodolfo Amorim e menção honrosa na categoria Melhor Espetáculo no Prêmio Deus Ateu. “Galo Índio” também recebeu o Prêmio Zé Renato em São Paulo em 2019.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas