19.5 C
Jundiaí
quarta-feira, 29 maio, 2024

Durante show de Madonna foram registradas mais de 200 ocorrências

spot_img

Durante o show da cantora Madonna, realizado no último sábado (4) na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, a Polícia Civil registrou um total de 213 ocorrências. Segundo informações divulgadas pelo governo estadual nesta segunda-feira (6), 38 indivíduos foram encaminhados às delegacias locais, resultando em sete prisões e sete apreensões de adolescentes.

Além disso, a Polícia Militar relatou que durante o evento foram cumpridos quatro mandados de prisão, e um homem foi detido após ser identificado por meio do sistema de reconhecimento facial. Ao todo, os policiais militares apreenderam 160 objetos cortantes, incluindo facas e tesouras.

Segundo a força-tarefa designada para o evento, houve uma diminuição de 400% nos casos de crimes violentos em comparação ao show do DJ Alok, realizado em agosto do ano passado, também em Copacabana.

“Realizar um evento desta magnitude foi um desafio significativo devido à concentração massiva de pessoas, ao contrário do Réveillon, onde o público se dispersa ao longo de toda a orla de Copacabana. O sucesso de nossa operação se deve ao esforço conjunto de todas as autoridades envolvidas”, afirmou Victor Cesar dos Santos, secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

O show em números:

Economia

  • Apresentação reuniu 1,6 milhão de pessoas
  • ⁠136 mil pessoas por hora no metrô do Rio
  • ⁠R$ 300 milhões em retorno para a economia do Rio de Janeiro

Polícia Civil

  • 213 ocorrências registradas
  • ⁠Sete presos
  • ⁠Sete adolescentes infratores apreendidos
  • ⁠Redução de 400% nos registros de crimes com violência em comparação ao show do DJ Alok

Polícia Militar

  • 38 pessoas levadas às delegacias de Copacabana
  • ⁠Quatro mandados de prisão cumpridos e um adolescente apreendido
  • ⁠Um homem preso por tráfico de drogas identificado pelo sistema de reconhecimento facial
  • ⁠160 objetos perfurocortantes apreendidos

Corpo de Bombeiros

  • 800 militares pela orla da Praia de Copacabana
  • ⁠Mais de 50 ocorrências: resgate no mar, salvamento terrestre e eventos clínicos, como desmaio
  • ⁠45 salvamentos marítimos, na Praia de Copacabana
  • ⁠Cerca de 2.000 ações de prevenção
  • ⁠Montaram hospital de campanha e heliponto para facilitar resgates

Secretaria Estadual de Saúde

  • 1.800 ligações para atendimento de casos como quedas e ingestão de bebida alcoólica
  • ⁠600 atendimentos realizados pelas Upas de Copacabana e Botafogo

Cedae

  • Distribuição de 50 mil litros de água para o público
  • ⁠Quatro pontos de hidratação pela orla
  • ⁠100 profissionais envolvidos na força-tarefa
  • Três caminhões-pipa utilizados no abastecimento
  • ⁠Laboratório móvel para testar a qualidade da água
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas