17.5 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

Vandalismo em terminais urbanos prejudicam usuários

spot_img

De acordo com levantamento feito pela Divisão de Infraestrutura de Transporte, da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte, em 2023 foram feitos 1.380 atendimentos para reparos nos banheiros dos terminais urbanos pelas equipes de manutenção da Prefeitura. O vandalismo, além de causar prejuízo à estrutura dos locais, compromete o uso pelas pessoas que passam pelo local no deslocamento para estudar ou trabalhar, diariamente.
Só com serviços terceirizados e materiais, foram gastos no mesmo ano R$ 152.332,42. Somente nos quatro primeiros meses de 2024, os gastos foram de R$ 73.274,91 com manutenção e substituição do que foi quebrado ou vandalizado.
“Nós alertamos para que a população se conscientize sobre a importância desse grave problema em cuidar não só dos terminais urbanos, mas sim de todos os equipamentos públicos. Uma vez que danificado, o equipamento passa por uma manutenção ou substituição, gerando custos e esse dinheiro poderia ser utilizado para melhorias na infraestrutura dos terminais, oferecendo maior qualidade no serviço prestado”, avalia o gestor de Mobilidade e Transporte de Jundiaí, Aloysio Queiroz.
Entre as principais manutenções estão o reparo e/ou substituições de louças (vasos sanitários, pias), portas, coberturas, assentos, pinturas (das pichações). “Acho um desrespeito, uma falta de educação. As pessoas, não têm noção de quanto é gasto para manter tudo em ordem. Ao invés de vandalizar, as pessoas deveriam é dar valor aos equipamentos públicos”, relata a monitora, Mayara Flores.
Recentemente a UGMT fez a substituição das portas dos banheiros masculino e feminino nos terminais Central e Colônia, onde foram gastos aproximadamente R$ 12 mil. “As pessoas perderam a noção do respeito. Ninguém tem empatia com o próximo. Quem faz uma coisa dessa devia parar e refletir. É obrigação nossa manter tudo limpo e organizado”, comenta Mariana Campos.
A depredação do patrimônio público é tipificada como crime previsto no artigo 163 do código penal (Lei n.º 2.848/40), tendo como punição detenção de seis meses a três anos e pagamento de multa. Caso alguém se depare com atos de vandalismo nos terminais de ônibus ou qualquer outro equipamento público, pode denunciar ligando para a Guarda Municipal, no telefone 153.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas