18.4 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Teatro de bonecos será atração no Mundo das Crianças

spot_img

A partir de 20 de abril, todos os sábados e domingos, o Mundo das Crianças será palco do espetáculo teatral de bonecos “Água e Meio Ambiente”, com a Galeria Duarte Costa. Essa iniciativa tem o objetivo de estimular famílias a ampliar os cuidados quanto a preservação ambiental, destacando a responsabilidade de cada um no uso consciente da água.
O objetivo da proposta do trabalho social é alcançar um público amplo, sensibilizando e engajando crianças e adultos sobre a importância do tema.
As apresentações acontecerão todos os finais de semana até setembro, sempre às 15 horas, em frente à Casa da Árvore. “Ao todo, serão 44 apresentações no Mundo das Crianças, um espaço escolhido por receber um grande público de famílias aos finais de semana e por já desenvolver um trabalho muito importante de educação socioambiental, destaca Karin Bezutti, assistente social da Dae Jundiaí. O teatro é uma ferramenta poderosa para ajudar a conscientizar e inspirar ações positivas em relação à água e ao meio ambiente”.
O espetáculo é inspirado nas esculturas do Zoo Urbano instaladas no parque, exposição permanente que transforma em arte materiais reciclados e ressignificados do lixo. Neste primeiro espetáculo, a inspiração veio das obras Salém, o gato, e Capi, a capivara. “A gente cria histórias de cordel a partir dos personagens criados pelo Zoo Urbano e, com isso, abordamos o tema da necessidade da preservação ambiental de um jeito divertido”, complementa Gustavo Henrique Costa, da Companhia Abaeté, que dará vida aos personagens.
O espetáculo é fruto do projeto de trabalho social que integra o contrato CEF nº 0520.301-52/2020,do projeto de Remanejamento e Reforço de Adutora para Atendimento do Vetor Oeste. A obra tem como objetivo melhorar as condições de uma das adutoras mais importantes para o município. Com ela, o Vetor Oeste terá ampliada a demanda de água, além de incluir a substituição de 330 hidrômetros de grandes consumidores e o monitoramento de medição por meio de telemetria.
Embora a obra esteja concentrada em três bairros específicos (Anhangabaú, Jardim Campos Elíseos e Jardim do Trevo), o Vetor Oeste do município será o principal beneficiado, representando 140 mil habitantes.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas