18.4 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Sábado é Dia D da campanha contra gripe

spot_img

Jundiaí realiza no sábado (13) o Dia D de vacinação contra a Influenza (gripe). Além de idosos com 60 anos ou mais, haverá a ampliação para as demais pessoas que fazem parte do grupo prioritário.
A imunização será das 8 às 16 horas, em quatro pontos: Clínica da Família Hortolândia (rua Campinas 58), Clínica da Família II – Almerinda Chaves (rua José Ribeiro Barbosa 20), Unidade Básica de Saúde Rami (rua Cica 1345) e UBS Colônia (rua Professora Benedita Siqueira de Godoy 11).
“Iniciamos a campanha no dia 25 com os idosos, para garantir mais agilidade ao atendimento. No sábado, ampliaremos para todo o grupo prioritário. Mais de 165 mil pessoas devem receber a dose. É importante que essa população elegível busque pela vacina para estar protegida antes do inverno. Neste ano, houve a antecipação da campanha, que tradicionalmente começa em abril, em razão do aumento da circulação de vírus respiratório no País”, ressalta a enfermeira coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Maria do Carmo Possidente.
Fazem parte do grupo prioritário, além dos idosos: crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; puérperas; indígenas vivendo fora das terras indígenas; indígenas vivendo em terra indígena, quilombolas; trabalhadores da saúde; pessoas com deficiência permanente; adolescentes em medidas socioeducativas (menores de 18 anos); população privada de liberdade (18 anos ou mais), funcionário do sistema de privação de liberdade; pessoas com comorbidades; professores; trabalhadores das forças armadas; pessoas em situação de rua; trabalhadores das forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; e trabalhadores portuários.
Para receber o imunizante, será necessário apresentar documento com CPF para o registro no sistema de informação, seguindo determinação do Ministério da Saúde. No caso das categorias profissionais, será preciso apresentar comprovação de prestação de serviço (holerite/crachá). Já os portadores de comorbidades devem apresentar um documento que comprove a sua condição.
Anualmente, a vacina é atualizada para que a dose seja efetiva na proteção contra as cepas dos principais vírus que circulam no Brasil.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas