17.5 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

Plano de Bairro terá participação da Fatec

spot_img

Na segunda-feira (29), técnicos da Prefeitura de Jundiaí, por meio das unidades de gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente e Cultura, apresentaram aos alunos de vários cursos da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo) as futuras ações do Plano de Bairro do Centro da cidade. No encontro, os alunos conheceram a área mapeada e puderam apresentar sugestões e aprimoramentos no território que compreende o centro expandido da cidade.
“O Plano de Bairro é um instrumento de planejamento urbano de médio a longo prazo que contém as ações intersetoriais do governo para uma determinada região. O primeiro Plano foi realizado no Novo Horizonte, onde também realizamos a escuta de toda a comunidade. No Centro, a sistemática é parecida, e busca contemplar a participação de diferentes atores para apontamento das necessidades de diferentes percepções”, comentou a arquiteta e urbanista da Prefeitura de Jundiaí, Alissandra Bernardini.
Essa etapa do Plano tem como objetivo levantar dados a respeito dos espaços públicos e do caminho dos alunos e alunas da Fatec, além das escolas municipais e estaduais. É uma pesquisa qualitativa para entender de que forma os alunos(as) se locomovem “Entre a casa e a escola”, como é o caminho, quanto tempo levam neste trajeto, além da possibilidade do apontamento de sugestões de melhorias para o percurso e também como se relacionam com áreas públicas e estabelecimentos de comércio e serviços do entorno da Fatec.
“Assim como as antigas Oficinas da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que ocupavam o local do Espaço Expressa, foram importantes para o desenvolvimento de Jundiaí, o Espaço Expressa também procura ser um indutor no processo de requalificação do Centro de Jundiaí. E atividades como essa, com a participação da comunidade, são essenciais para o planejamento de ações que possibilitarão uma ocupação cada vez melhor do Centro e da cidade como um todo”, disse o diretor do Departamento de Patrimônio Histórico, Elizeu Marcos Franco.
Estudante do 6º semestre do curso de Tecnologia em Eventos, Marisa Peres valoriza a iniciativa: “É uma oportunidade em que podemos propor melhorias na ocupação dos espaços, principalmente aqui no Expressa, com a implantação de comércios, além de reforço na iluminação pública, e espaço para microempreendedores, por exemplo”, disse a estudante.
A diretora de Urbanismo, Sylvia Angelini, reforça o convite para que todos os alunos da FATEC respondam ao questionário: “O processo de escuta permite conhecer diferentes demandas para o local e amplia as possibilidades de atendê-las. Esperamos que os alunos indiquem suas dificuldades e também suas sugestões para melhorar a região central da cidade, permitindo com isso que as ações a serem propostas no Plano possam trazer mais conforto, bem-estar e segurança para todos”, afirma.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas