14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Parceria com mórmons prevê mais 200 cadeiras de rodas

spot_img

Com o objetivo de oferecer melhor mobilidade às pessoas portadoras de deficiência física, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmons) firmou mais uma fase de parceria com a Prefeitura de Jundiaí. Desta vez serão mais 200 cadeiras de rodas entre níveis básico e intermediário. O quantitativo complementa a oferta própria municipal, ampliando o número de atendidos no período e ajudando a reduzir a fila de espera.
Esta segunda parceria firmada entre a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde com a instituição religiosa contou novamente com a articulação da Rede Jundiaí de Cooperação, vinculada à Unidade de Gestão de Governo e Finanças.
Os beneficiários serão residentes em Jundiaí, que já estão ou iniciarão cuidados em saúde com cadastro no Núcleo de Assistência à Pessoa com Deficiência, serão pessoas com deficiência física congênita ou adquirida, não transitória e que necessitem do uso permanente de cadeira de rodas. Dessa forma, a doação atenderá uma demanda reprimida no Município, minimizando a fila de espera deste dispositivo.
“Mais uma vez, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias firma parceria com Jundiaí para o benefício das pessoas, ampliando o atendimento e reforçando a importância da parceria do terceiro setor com a gestão pública para a garantia da assistência à população”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.
“Jundiaí mantém a oferta permanente de equipamentos para pessoas com deficiências permanentes por meio do Núcleo de Assistência à Pessoa com Deficiência. Contudo, a Igreja oferece mais que os equipamentos. A capacitação específica para as prescrições também faz parte do projeto, o que traz ainda mais qualidade para o atendimento e no equipamento que será recebido pelo usuário”, explica o gestor da UGPS, Tiago Texera, lembrando que a cidade oferta por ano cerca de 250 cadeiras de rodas, entre básicas, intermediárias e específicas.
Conforme a parceria firmada, serão 140 cadeiras de rodas do modelo básico, que atende pessoas com problemas de mobilidade permanente e com controle de tronco, e 60 cadeiras padrão intermediário com o foco nas pessoas com problemas de mobilidade permanente e sem controle de tronco, necessitando de mais recursos do equipamento. Também será oferecida capacitação aos profissionais técnicos do NAPD para a prescrição individual dos equipamentos, conforme as especificações de cada usuário.
“Atender às necessidades das pessoas com deficiência física, aliviando o sofrimento e promovendo a autossuficiência desses usuários, além de melhorar a qualidade de vida dos beneficiários, faz parte dos objetivos do programa desenvolvido pela “Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”, atuando em mais de 100 países”, detalha o coordenador do programa no Brasil, Fabio Mottola de Oliveira.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas