19.5 C
Jundiaí
quarta-feira, 29 maio, 2024

Maioria das postagens sobre Moraes x Musk é contra o ministro

spot_img

Após embate entre o empresário Elon Musk, proprietário do X, antes conhecido como Twitter, e o minstro do Supremo Trbunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, internautas ficaram contra o magistrado. Uma pesquisa da Genial Quaest indicou que 68% das menções nas redes sociais foram negativas a Moraes, enquanto apenas 32% criticaram Musk. A discussão gerou uma média diária de 865 mil menções, atingindo 72 milhões de pessoas. Fora da plataforma X, 63% das críticas foram direcionadas a Moraes e ao STF, e 37% a Musk.
Os apoiadores de Musk defendem a “liberdade de expressão” e criticam a “censura no Brasil”, enquanto seus críticos acusam o empresário de interferir na soberania do Brasil e de promover fake news.
Elon Musk fez várias postagens criticando Moraes, cujas ações poderiam levar à proibição da plataforma X no Brasil. Musk pede a renúncia ou impeachment de Moraes, alegando que suas exigências violam a legislação brasileira. No último sábado (6), Musk anunciou que desbloquearia contas suspensas por decisões judiciais do magistrado.
O empresário também alega que multas impostas pelo ministro estão prejudicando financeiramente a plataforma no Brasil, ameaçando fechar o escritório local da X.
No domingo (7), Musk prometeu publicar documentos que mostrariam como as exigências de Moraes desrespeitam as leis brasileiras, acusando o ministro de trair a constituição e o povo do Brasil. Moraes respondeu as investidas incluindo Musk como investigado no inquérito das fake news e iniciando uma investigação sobre suas ações.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas