14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Homem mais velho do mundo considera ter sorte pelos 111 anos

spot_img

Nesta sexta-feira (5), o Guinness World Records (GWR), renomada autoridade global em quebra de recordes, anunciou que John Tinniswood, aos 111 anos e 222 dias de idade, é o homem mais velho vivo.

Após a morte de Juan Vincente Mora em 2 de abril de 2024, John Tinniswood adquiriu o recorde de homem mais velho vivo. Nascido em Liverpool, Reino Unido, em 1912, ele agora reside em uma casa de repouso em Southport, Merseyside.

Segundo informações do Guinness World Records, John conheceu sua esposa Blodwen durante a Segunda Guerra Mundial, e os dois se casaram em 1942, compartilhando 44 anos de matrimônio até o falecimento dela. Sua filha Susan nasceu em 1943, e John se aposentou em 1972.

John Tinniswood compartilhou o segredo de sua longevidade com a autoridade de recordes, dizendo: “apenas sorte”. Ele acrescentou: “Ou você vive muito ou vive pouco, e não há muito que possa fazer a respeito”.

Além disso, John compartilhou sua perspectiva sobre como os tempos mudaram: “O mundo, à sua maneira, está sempre mudando. É uma espécie de experiência contínua […] está melhorando um pouco, mas ainda não tanto. Está indo no caminho certo”.

John comentou que não acredita que viver tanto tempo esteja relacionado a escolhas específicas de estilo de vida, afirmando: “Eu como o que eles me dão e todo mundo também. Não tenho uma dieta especial”. No entanto, ele compartilhou que desfruta de sua refeição preferida, peixe com batatas fritas, todas as sextas-feiras.

O idoso recebeu o certificado nesta quinta-feira (04) e comentou sobre o marco: “Para mim não faz diferença. De jeito nenhum. Eu aceito isso pelo que é”.

Por fim, John deixou um conselho para as gerações mais jovens: “Deixe-os seguir o seu próprio caminho no mundo […] somos todos diferentes de maneiras diferentes”.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas