18.4 C
Jundiaí
terça-feira, 28 maio, 2024

Emeb Fernanda de Favre Merbach recebe “Pé de Árvore”

spot_img

As crianças da Emeb Fernanda Merbach, localizada na região Oeste, passam a contar com oito árvores do projeto municipal ‘Pé de Árvore’, que é parte das políticas públicas do Programa Cidade das Crianças. O plantio foi realizado no sábado (6), numa parceria com a empresa AGCO Soluções Agrícolas, a partir dos integrantes da Cipa, com a mobilização da comunidade escolar e as famílias.
O plantio é o resultado da interlocução da empresa com a Rede Jundiaí de Cooperação – ligada à Unidade de Gestão de Governo e Finanças. A região do Vetor Oeste já conta com a avaliação entre o trajeto das crianças entre a casa e a escola, com a necessidade de arborização para a melhoria do microclima e estímulo às atividades ao ar livre.
De acordo com dados da AGCO, a iniciativa da Cipa faz parte das ações sociais, ambientais e de governança da empresa. “A empresa busca promover ações de impacto positivo nas comunidades onde está presente e Jundiaí é importante para nós da AGCO. Aqui fica nossa matriz e onde temos a operação de distribuição de peças de reposição para todos os nossos clientes do Brasil. A partir da CIPA e com articulação da REDE Jundiaí de Cooperação foi possível realizar a parceria para o plantio de mudas de árvores no entorno e na EMEB próxima. Esperamos promover cada vez mais ações de sustentabilidade que beneficiem as pessoas da cidade”, reforçou o gerente de Planta Logística da AGCO, Maikel Wunsch.
Foram plantadas, quatro mudas na área interna (Paineiras) e outras quatro mudas na área externa (Mutambo). O plantio foi feito por membros da escola/comunidade e da Cipa AGCO.
Para a diretora de Educação Fundamental da Unidade de Gestão de Educação, Marjorie Bolognani, o plantio de mudas com o programa ‘Pé de Árvore’ é uma excelente maneira de promover a educação ambiental para as crianças e a conscientização de toda a comunidade, além de contribuir para a criação de um ambiente mais verde e agradável no espaço escolar.
“O programa Escola Inovadora com a metodologia do Desemparedamento da Escola, vê os espaços externos como potentes ambientes possibilitadores de aprendizagens das crianças, de forma mais contextualizadas e significativas. Essas em contato com e na natureza, proporcionam boas experiências para o desenvolvimento integral”, comenta a diretora, que representou a gestora Vastí Ferrari Marques.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas