14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Com 616 casos de dengue, Ivoturucaia recebe nebulização

spot_img

A Vigilância em Saúde Ambiental (Visam), órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), realiza nesta quinta-feira (11) nebulização veicular nas ruas do Ivoturucaia. O bairro concentra 616 casos de dengue, dos 5.128 registrados na cidade. Novo Boletim de Arboviroses foi divulgado na quarta-feira (10).
O trabalho terá início às 5 horas e complementa ação realizada pelas equipes da Visam e pelos Agentes Comunitários de Saúde, pela quinta vez, de vistoria nos imóveis para a busca de criadouros do Aedes aegypti e de orientação aos moradores. O equipamento de nebulização utiliza baixo volume de inseticida e atinge o mosquito adulto no peridomicílio, ou seja, no local em que ele faz o repouso, como nas árvores e nos muros.
“Os casos continuam em crescimento, mesmo com as ações de contenção. A dengue é uma doença que pode se agravar e levar à morte. Alertamos que é necessário que os moradores façam a eliminação de quaisquer objetos que possam acumular água nos imóveis e o descarte correto do lixo. Nossas equipes ainda encontram criadouros dos mosquitos durante as ações, além de lixo e inservíveis descartados nas ruas e em terrenos”, lamenta o coordenador da VISAM, veterinário Luis Gustavo Grijota Nascimento.
Durante a passagem do veículo com o aparelho de nebulização, a recomendação é para que os moradores não fiquem nas janelas ou sacadas, tirem os animais dos quintais, cubram gaiolas e, se possível, tirem os veículos estacionados na rua, facilitando o trabalho da máquina de aplicação.
Desde 1º de abril, Jundiaí está em situação de emergência devido à quantidade de casos da doença e o Comitê Intersetorial de Prevenção e Combate à Dengue definiu novas estratégias de enfrentamento. A partir da Sala de Situação – montada em dezembro – diariamente o cenário é monitorado para a adoção de medidas antecipadas e de forma transparente.

Ontem a Prefeitura confirmou a segunda morte por dengue. Trata-se de uma senhora de 73 anos, que morava no Jardim do Lago.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas