16.6 C
Jundiaí
sexta-feira, 24 maio, 2024

Carreata marca início do mês de conscientização do autismo

spot_img

De olhos atentos, camiseta e balão azul, e um sorriso discreto, Nicolas Bueno, 2 anos, aguardava sua vez para entrar no carro e seguir a carreata junto com a família, numa mobilização que aconteceu na última terça-feira, 2 de abril, marcando o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, e dando início à campanha Abril Azul – que busca trazer visibilidade ao TEA (Transtorno do Espectro Autista) para combater o preconceito e promover a inclusão dos autistas. A carreata foi uma iniciativa do NAMA – Núcleo de Assistência Municipal ao Autista – que percorreu a cidade e teve como ponto final o Complexo Esportivo e de Lazer, com crianças e as famílias desfrutando momentos de interação, descontração e inclusão.
Nicolas é um dos 180 pacientes assistidos pelo NAMA e acompanhou a carreata ao lado da sua mãe, Karolayne Bueno Marques. Karolayne avalia positivamente o suporte que o núcleo oferece.
“Os profissionais do NAMA são qualificados e atenciosos. Hoje o meu filho fala, se alimenta melhor e socializa, graças aos cuidados especiais que ele e toda nossa família recebem por parte do núcleo. Com direcionamento específico, a evolução foi significativa”.
A clínica é uma iniciativa da Prefeitura de Campo Limpo Paulista e funciona desde maio de 2023, oferecendo especialidades multidisciplinares preparadas para atender casos de TEA, como neurologista, fisioterapia, psicólogo, terapeuta ocupacional e fonoaudiologia, e atende, aproximadamente,100 crianças por dia com tratamento contínuo.
Andrielli Francine Nogueira, mãe de Victor Henry Nogueira Santana, de 6 anos, usa os serviços do NAMA desde o início. Para ela, o local supera as expectativas dos melhores recursos que alguém com esse diagnóstico possa ter.
“O NAMA é perfeito, meu filho é bem atendido e o desenvolvimento dele é constante. Depois que ele iniciou o acompanhamento, começou a se socializar melhor, hoje ele fala, brinca com outras crianças e nos surpreende a cada dia”, elogia.
Segundo a secretária de Saúde, Alynne Sousa, poder disponibilizar um espaço exclusivo no município voltado para esse tipo de tratamento é reflexo de muito empenho e orgulho.
“Falar do NAMA me deixa muito orgulhosa, pois ele é fruto de um trabalho que veio para perpetuar na cidade. Agora essas crianças têm voz, cuidados específicos e tratamento adequado, com o método ABA – um método terapêutico baseado em princípios científicos do comportamento que auxilia a criança atípica a se descobrir e entender como ela pode lidar com os desafios do dia a dia”.
Ao longo do mês, ocorrerão palestras voltadas para os pais dos assistidos. Nas sextas-feiras, dias 19 e 26 de abril, às 17 horas, a palestra será aberta ao público interessado em saber mais sobre o Transtorno do Espectro Autista. No dia 19, o tema será “Desafios da Inclusão do Autista na Comunidade”, e no dia 26, “Importância da Participação da Família e da Comunidade no Tratamento do Autismo”. Os encontros serão realizados no NAMA (Avenida Dom Pedro Iº 1901) e não é necessária inscrição prévia para participar.
Os profissionais da educação da rede municipal de ensino também realizam encontros online com o tema: “Os primeiros sinais de autismo”, que ajudam a identificar alunos da rede que talvez necessitem de atendimento especial.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas