14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Campanha contra gripe continua; público-alvo é ampliado

spot_img

Como faz todos os anos, o casal Maria Marçal e Lázaro Santos foi tomar a vacina contra Influenza (gripe). Nesta semana, Jundiaí prossegue com a campanha, ampliando para todas as pessoas do grupo prioritário. A aplicação ocorre exclusivamente no período da manhã, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Novas UBSs e Clínicas da Família.
“Fazemos questão de vir e tomar. Temos consciência do quanto isso é necessário para a nossa saúde”, comentou o casal, na Nova UBS Jundiaí Mirim. Quem também recebeu a vacina, segunda-feira (15), foi o aposentado Edvaldo Claro da Silva. “Meu pai fica atento e assim que libera, ele até liga no posto. Hoje, eu vim acompanhá-lo nessa ação importante”, falou seu filho, Rosenwaldi Claro da Silva.
No município, mais de 165 mil pessoas estão aptas a receber o imunizante. A meta é vacinar 90% da população elegível, evitando internações e óbitos decorrentes das infecções causadas pelos vírus da Influenza.
“É fundamental que quem faz parte do grupo prioritário busque, neste momento, pela dose para estar protegido antes do inverno, período de maior circulação dos vírus respiratórios. A vacina é segura e previne as complicações”, alerta a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, Maria do Carmo Possidente.
Além de idosos com 60 anos ou mais, fazem parte do grupo prioritário: crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; puérperas; indígenas vivendo fora das terras indígenas; indígenas vivendo em terra indígena, quilombolas; trabalhadores da saúde; pessoas com deficiência permanente; adolescentes em medidas socioeducativas (menores de 18 anos); população privada de liberdade (18 anos ou mais), funcionário do sistema de privação de liberdade; pessoas com comorbidades; professores; trabalhadores das forças armadas; pessoas em situação de rua; trabalhadores das forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; e trabalhadores portuários.
Para receber a vacina, é necessário apresentar documento com CPF para o registro no sistema de informação, seguindo determinação do Ministério da Saúde. No caso das categorias profissionais, é preciso apresentar comprovação de prestação de serviço (holerite/crachá). Já os portadores de comorbidades devem apresentar um documento que comprove a sua condição.
Desde o início da campanha, foram aplicadas 22.309 doses da vacina contra gripe na cidade. Entre os dias 25 de março e 12 de abril, estavam sendo imunizados apenas os idosos.
Mais informações sobre a campanha estão disponíveis no link: https://jundiai.sp.gov.br/influenza/. Já os endereços dos equipamentos de saúde estão no: https://jundiai.sp.gov.br/saude/rede-de-atendimento/rede-completa-de-atendimento/

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas