14.5 C
Jundiaí
domingo, 26 maio, 2024

Fortes rajadas de vento chegam a 134km/h, na Baixada Santista

spot_img

Na noite desta quinta-feira (21), uma forte tempestade atingiu parte do estado de São Paulo, acompanhada por intensas rajadas de vento. Em Santos, cidade litorânea, os ventos chegaram a alcançar 134,5 km/h, conforme divulgado pela Defesa Civil estadual às 19h40. A tempestade deixou um rastro de destruição em sua passagem, destacando a força da natureza e a necessidade de precaução diante de eventos climáticos extremos.

De acordo com informações da Defesa Civil municipal, Santos registrou 17 quedas de árvores durante a tempestade. Um veículo estacionado na Praça Miguel Couto foi atingido por uma árvore. Os bairros mais afetados foram Vila Mathias, Marapé e Embaré.

Em Peruíbe, 25 árvores caíram na cidade, algumas delas na Rodovia Coronel Rodolpho Pettená. Em Bertioga, houve quedas de árvores na Rodovia Rio Santos e em Mogi Bertioga. Em Ilhabela, além das árvores caídas, a Defesa Civil também registrou pontos de alagamento.

São Sebastião relatou que algumas árvores atingiram residências, mas até o momento não há registro de feridos, desalojados ou desabrigados.

Em Lins, duas residências tiveram seus telhados danificados, uma parcialmente e outra totalmente, resultando no desalojamento de duas pessoas, que foram encaminhadas para a casa de familiares. Na Estrada Lins, KM 05, um deslizamento de terra ocorreu, interditando parcialmente a via.

A rua Afonso Pena, em Lins, ficou totalmente alagada, afetando algumas residências, porém a água escoou rapidamente. Um carro com dois ocupantes caiu no córrego Barbosinha, mas as vítimas foram prontamente socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Pronto Socorro da Santa Casa.

Em Mongaguá, foram registradas oito quedas de árvores em vias públicas e três quedas de postes de energia, resultando na interrupção do fornecimento de energia nos bairros Florida, Agenor, Itaguaí, Jussara e Vera Cruz. Além disso, uma residência teve seu telhado danificado e foi totalmente interditada, levando os sete moradores a serem realocados na casa de parentes.

Em Cubatão, também ocorreram quedas de árvores e interrupções no fornecimento de energia elétrica nos bairros Vila Paulista, Centro e Vila Natal, sendo que a energia foi restabelecida na manhã seguinte. No Guarujá, 17 quedas de árvores em vias públicas e sobre fiação elétrica resultaram em interrupções no fornecimento de energia em alguns bairros.

O maior volume de chuva foi registrado em Jambeiro, com 89 milímetros. Mogi Guaçu, Praia Grande, Ilhabela, Casa Branca, São Sebastião, Itapira e Mongaguá também registraram acumulações acima de 60 milímetros.

PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas