29.3 C
Jundiaí
sábado, 13 abril, 2024

Começa nova turma do Grupo de Emagrecimento Saudável

spot_img

No dia 4 de março, foi celebrado o Dia Mundial da Obesidade, uma data com o objetivo de disseminar conhecimentos sobre a doença e combater o estigma social relacionado ao problema, que merece atenção especial da saúde pública. Em Campo Limpo Paulista, não é diferente.
Na última segunda-feira, 4, para marcar a data, a Prefeitura, em parceria com a Secretaria de Esporte, deu início a mais uma turma do GES (Grupo de Emagrecimento Saudável), um programa que oferece suporte gratuito aos moradores da cidade com Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 30, auxiliando-os na mudança de hábitos alimentares e na incorporação da atividade física à rotina. Os participantes contam com o apoio de psicólogos, educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas, médicos e enfermeiros.
Por meio de palestras, os encontros proporcionaram um ambiente de apoio para identificar as reais dificuldades em emagrecer ou manter o peso. É um grupo em que é possível compartilhar os problemas que dificultam o emagrecimento e encontrar caminhos para alcançar o objetivo desejado, proporcionando maior motivação para o participante. E para novos interessados participar, basta comparecer na própria Secretaria, que fica dentro do Complexo Esportivo Municipal, de segunda a sexta-feira das 8 às 12 e das 13 às 16 horas. É necessário ter mais de 18 anos de idade.
Segundo a chefe de divisão de esportes e lazer, Sara Salgado, que também coordena o programa, este ano traz novidades. Além do aumento de profissionais que atenderão ao grupo, haverá novos quadros, e as terapias psicológicas serão semanais, resultando numa abordagem mais humanizada. “Esta nova versão não se destaca apenas pela rápida perda de peso, mas sim por todos os benefícios que resultam da melhoria nos hábitos da pessoa, incluindo as mudanças metabólicas que contribuem positivamente para diversos aspectos da vida”, afirma Sara.
Priscila Pinheiro Vieira de Oliveira, de 42 anos, inicia o GES com o propósito de melhorar a autoestima e também a disposição. “Houve momentos em que evitei sair de casa por vergonha do meu peso. Mas o dia mais triste foi quando não tive fôlego para brincar com meus filhos; otimista, ela afirma não medir esforços para atingir seu ideal. Aqui, com certeza, será um lugar de ganhos. Vou unir forças com outras pessoas, cada uma ajudando a outra, e com o suporte de uma equipe multidisciplinar, sei que isso contribuirá para alcançar esse desejo”, finaliza Priscila.
A obesidade e o excesso de peso são questões de saúde com causas multifatoriais, destacando nesse novo conceito do GES o acompanhamento psicológico mais constante. Semanalmente, o grupo de aproximadamente 15 participantes passa por terapias psicológicas.
De acordo com a psicóloga do programa, Márcia Portes, o objetivo é reduzir os impactos do problema e trabalhar em todos os encontros um dos lemas do projeto – ‘Eu sou o meu maior projeto’. “A mente desempenha um papel fundamental no ganho de peso. Neste processo, buscamos transformar a ideia comum que muitos utilizam como desculpa, como ‘hoje eu mereço uma pizza’, mudando os pensamentos para reconhecer que merecemos o melhor. Podemos substituir esses alimentos por frutas e legumes, pois a verdade está na mente”.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas