29.3 C
Jundiaí
sábado, 13 abril, 2024

Coleta de exames e vacinação serão oferecidas no Jarim Ângela

spot_img

Para celebrar o Dia das Mulheres, a Prefeitura de Jundiaí, a partir da união de todas as unidades de gestão, com centralização da Unidade de Gestão da Casa Civil, realiza ação no sábado, dia 9 de março, no Complexo Educacional, Cultural e Esportivo Jardim Ângela o evento Mulher Cidadã, com oferta de serviços, inclusive a coleta de exames citopatológico (papanicolau), e exame de mama, vacinação – atualização da caderneta -, além de design de sobrancelha, workshops, atendimento social, microchipagem de pets e brincadeiras para toda a família.
“Reunir as mulheres para oferecer vários atendimentos e serviços em um único dia e espaço. Essa é a intenção das equipes de Promoção da Saúde (UGPS) e Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ), que realizarão coleta de exame de papanicolau, acolhimento, vacinação e orientação sobre os riscos sobre a dengue, doença que está causando grande impacto em todas as cidades e precisa, necessariamente, da parceria entre as pessoas para evitar a proliferação”, comenta o gestor da UGPS, Tiago Texera.
Os atendimentos serão realizados na estrutura do Cece e também na Emeb Naman Tayar, anexa ao espaço esportivo. Todos os atendimentos não necessitarão de agendamento, bastando comparecer com documentos de identidade, comprovante de residência e a carteira de vacinação (no caso de atualização).
Além da coleta de exames e vacinação, ainda será realizada atividade de fitoterapia, auriculoterapia, orientação contra dengue, avaliação contra câncer bucal, palestra sobre saúde da mulher e dança circular realizada pela equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família.
A docente da FMJ e especialista em ginecologia Ana Carolina Marchesini de Camargo realizará com mais professoras da ginecologia, uma equipe de estudantes de medicina e outros profissionais da saúde, exame clínico das mamas, coleta de exame Papanicolau e orientações sobre métodos contraceptivos.
Para a médica, iniciativas como esta desempenham um papel crucial na promoção de inclusão social e da saúde da mulher, pois possibilitam o acesso ao serviço de saúde, a apropriação dos seus direitos produtivos e a identificação precoce de doenças. “A participação ativa da comunidade feminina em eventos é fundamental para conscientização, planejamento familiar e prevenção de doenças”, afirma a ginecologista.
O Papanicolau é o exame empregado como rastreamento do câncer de colo uterino e deve ser realizado periodicamente. “Ele possibilita o diagnóstico de lesões que podem causar o câncer do colo uterino se não forem tratadas precocemente”, conclui. O exame clínico das mamas faz parte do rastreamento do câncer de mama que deve ser complementado em com a mamografia em mulheres acima dos 40 anos.

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

SUGESTÃO DE PAUTAS

PUBLICIDADEspot_img
PUBLICIDADEspot_img

notícias relacionadas